Hot Wheels anuncia dois modelos do Tesla Cybertruck, com janela quebrada e tudo

Por Claudio Yuge | 21 de Fevereiro de 2020 às 22h40
Mattel
Tudo sobre

Tesla

Saiba tudo sobre Tesla

Ver mais

Quando Elon Musk anunciou que a Tesla lançaria uma picape elétrica, mesclando a utilidade de uma caminhonete com a performance de um carro esportivo, a curiosidade e a expectativa foram grandes. Em novembro, a empresa apresentou o que chamou de Cybertruck, que deveria contar com um vidro inquebrável, mas que se quebrou duas vezes durante a apresentação oficial. Depois de explicar a gafe, Musk decidiu se dar bem com o hype e a Tesla começou até mesmo a vender camisetas com o vidro quebrado do Cybertruck como estampa — por um preço de US$ 135 (equivalente a R$ 592 na conversão direta).

Mas tem mais gente aproveitando a onda para lançar produtos inspirados na nova picape "futurista" da Tesla: até o fim do ano, a Mattel lançará como parte de sua marca Hot Wheels duas réplicas do Cybertruck, que virá com um controle remoto sem fio e confeccionado em plástico. Mesmo pequeno, o carro vem com seu próprio motor elétrico e bateria recarregável, e ainda conta com alguns decalques, que permitem personalizar a peça — com direito a janelas trincadas, claro.

A versão mais básica do brinquedo Já está em pré-venda no site da Mattel a US$ 20 (R$ 87,80 na conversão direta).

Imagem: Divulgação/Mattel

Agora, se você quiser (e puder) investir um pouco mais nessa paixão, a Hot Wheels caprichou em uma versão maior, que conta com detalhes precisos, traseira que pode ser aberta e fechada, e porta traseira que se transforma em rampa para carregamento — tudo isso muito próximo do original. Com carga total, ele dura cerca de meia hora e possui vários modos de direção, com velocidade máxima de cerca de 40 km/h em tração nas quatro rodas.

Imagem: Divulgação/Mattel

Esse modelo premium inclui um controle remoto sem fio e custa US$ 400 (R$ 1.755, convertendo diretamente) — mas já está esgotado na pré-venda. Assim como sua versão mini, deve ser entregue somente em dezembro deste ano.

Fonte: Gizmodo  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.