GM está investindo US$ 500 milhões na Lyft para desenvolver carros autônomos

Por Redação | 04.01.2016 às 15:26

A General Motors, uma das maiores fabricantes de automóveis do mundo, e a Lyft, empresa de serviços transporte individual, estão se unindo para desenvolver carros que dispensam motoristas. Esta é uma parceria significativa que poderia mudar fundamentalmente a maneira como as pessoas se locomovem e ainda aumentar a fortuna das duas companhias.

O anúncio da associação entre as empresas foi feito nesta segunda-feira (4) e inclui um investimento de US$ 500 milhões feito pela GM na Lyft. A empresa de transporte individual com base em São Francisco, Estados Unidos, ficou conhecida por usar bigodes cor-de-rosa colados na parte frontal de seus veículos, como símbolo do seu aplicativo de carona.

A empresa também acaba de completar uma rodada de financiamento de US$ 1 bilhão, elevando seu valor para até US$ 5,5 bilhões. Embora o valor pareça bem alto, ele ainda não chega aos pés do exorbitante valor do seu concorrente, o Uber, que está avaliado em US$ 62,5 bilhões.

"Há uma enorme mudança no mundo da mobilidade, especialmente no ambiente urbano", disse Dan Ammann, presidente da GM. "Este investimento é importante, mas mais importante é a aliança estratégica de longo prazo [entre a GM e a Lyft]".

O anúncio de que as duas empresas irão trabalhar juntas coloca a GM e a Lyft em condições de igualdade com o Uber, que também está desenvolvendo sua própria tecnologia autônoma, bem como o Google e a Ford, que supostamente vão anunciar uma parceria semelhante durante a CES 2016. Mesmo assim, esta ainda é uma parceria única em muitos aspectos.

Via The Verge