Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como funciona a direção elétrica dos carros?

Por| Editado por Jones Oliveira | 29 de Dezembro de 2023 às 08h30

Link copiado!

Swansway Motor Group/Unplash/CC
Swansway Motor Group/Unplash/CC

A direção elétrica vem se tornando cada vez mais comuns nos carros atuais e não somente nas versões mais caras ou consideradas premium. Afinal, por oferecer maior leveza e conforto ao motorista, acabou se tornando um item bastante procurado, mesmo em modelos de entrada.

A direção elétrica também passou a ser adotada pelos fabricantes em um maior número de carros por uma razão bem simples: como não tem partes mecânicas, ela demanda menos manutenção e, assim, se torna um atrativo extra para o consumidor.

Além disso, ela ajuda na economia de combustível, que pode chegar a até 5%, dependendo do modelo do carro, e não prejudica a potência do motor, pois conta com um módulo elétrico exclusivamente dedicado a ela.

Continua após a publicidade

Diferenças entre direção elétrica e hidráulica

Antes de entrar nos detalhes de como funciona a direção elétrica, vale uma rápida explicação sobre quais são as principais diferenças em relação à direção hidráulica, que por muito tempo foi a favorita das montadoras para equipar os carros.

Além do maior conforto ao motorista e do menor custo de manutenção, por não ter partes mecânicas em sua composição, a direção elétrica dos carros se diferencia da hidráulica por utilizar, como o próprio nome diz, um motor elétrico e não depender de uma bomba de óleo.

Continua após a publicidade

Como funciona a direção elétrica?

Agora que mostramos as principais diferenças da direção elétrica em relação a hidráulica nos carros e o porquê de o acessório estar se tornando cada vez mais comum, chegou a hora de saber, enfim, como ela funciona.

Esse tipo de sistema funciona por meio de um motor elétrico que é fixado na caixa de direção. Assim que o motorista dá a partida no carro, um sinal é enviado para o módulo de comando MC, que é independente do propulsor do carro. É dele que parte o comando para que o motor elétrico exclusivo da direção seja acionado.

Continua após a publicidade

A leveza dos movimentos e o maior conforto ao dirigir são proporcionados pelo conjunto de sensores ópticos presentes no sistema da direção elétrica dos carros.

A cada toque realizado pelo condutor no volante, os sensores analisam velocidade, sentido e ângulo a serem tomados e repassam os dados para a central que, então, fornece a assistência necessária para o movimento perfeito ser realizado pelas rodas do carro. Tudo em frações de segundos.

Vantagens de carros com direção elétrica

Continua após a publicidade

Os carros equipados com direção elétrica oferecem uma série de vantagens em relação aos que ainda adotam o sistema hidráulico.

Além de dar ao motorista maior leveza e conforto ao dirigir, o sistema também oferece um tempo de resposta mais rápido, mesmo em altas velocidades, ponto que aumenta a precisão e, consequentemente, a segurança das manobras realizadas.

Os carros com direção elétrica também não correm risco de vazamentos na caixa, pois não utilizam óleo. Além disso, como operam por meio de um motor elétrico exclusivo, funcionam sempre com a mesma maciez, independentemente dos problemas que o propulsor do carro possa vir a apresentar.