Chevrolet Bolt terá sua produção interrompida e a culpa é da LG; saiba o motivo

Chevrolet Bolt terá sua produção interrompida e a culpa é da LG; saiba o motivo

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 31 de Agosto de 2021 às 14h15
General Motors

Depois de convocar um recall para todas as unidades do Chevrolet Bolt já fabricadas, a General Motors decidiu ser ainda mais rígida e vai interromper a fabricação do seu principal carro elétrico. O motivo é o mesmo da chamada para reparos: as baterias da LG, que seguem com defeitos crônicos na aba do ânodo e no separador, que podem se deteriorar e ocasionar incêndios.

Com isso, aumenta a pressão sobre a fabricante sul-coreana que, além de substituir todas as baterias já feitas para os carros em circulação e em estoque, terá de reformular a célula para os próximos veículos a serem fabricados. "Não vamos retomar os reparos ou reiniciar a produção até que tenhamos confiança de que a LG está produzindo baterias sem defeitos", disse o porta-voz da General Motors, , Daniel Flores, em comunicado enviado ao The Verge.

Até que isso acontece, a General Motors deve manter as recomendações para uso do Bolt desatualizadas. De acordo com a empresa, enquanto as trocas não são realizadas, é de bom tom que todos os proprietários do Chevrolet Bolt não atuem no limite das baterias, sempre evitando que o carregamento ultrapasse os 90% e que, ao utilizar a carga, não deixe que a autonomia fique abaixo dos 100km.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Bolt está presente no mercado brasileiro há alguns anos e segue como um dos modelos elétricos mais competentes e vendidos por aqui. O Canaltech segue em contato com a General Motors do Brasil para atualizar a situação do carro no país, mas ainda não obteve uma resposta. Ao todo, foram fabricados mais de 140 mil unidades do Bolt globalmente.

Nova geração a caminho do Brasil

A definição sobre a troca das baterias da LG que equipam o Chevrolet Bolt pode alterar o cronograma da chegada da nova geração do monovolume elétrico ao Brasil. A princípio, o carro deve ser lançado em setembro e vai chegar com inúmeras melhorias internas e de tecnologia com relação ao seu modelo anterior.

Fonte: Electrek, The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.