Publicidade

Carros elétricos serão 55% da produção no Brasil em 2040

Por| Editado por Jones Oliveira | 11 de Fevereiro de 2023 às 08h00

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

O Brasil será um país que vai abraçar a mobilidade elétrica e, talvez, mais rápido do que pensávamos. Segundo estudo divulgado pela consultoria McKinsey & Company, 55% de novos modelos fabricados por aqui serão totalmente elétricos em 2040, com 20% de todos os carros em circulação sendo zero emissão e um potencial econômico de R$ 340 bilhões.

O estudo "Mobilidade Sustentável no Brasil" teve como base uma entrevista com 3 mil pessoas no país, sendo a maioria moradores de centros urbanos, com idade entre 30 e 49 anos e renda mensal entre R$ 4 mil e R$ 12 mil. No material, alguns dados relevantes mostram que nosso mercado parece estar no caminho certo, embora alguns empecilhos devam ser levados em conta.

Continua após a publicidade

Segundo a peça, a infraestrutura e o preço dos automóveis são os maiores problemas, mas, por enquanto, não tiram da cabeça do brasileiro que o futuro pode mesmo ser elétrico. No atual ritmo, tudo indica que com o crescimento do mercado e o desejo do consumidor, a meta de 2040 seja uma realidade. Isso, claro, demandará investimentos. Segundo o estudo, serão necessários 45% de crescimento por ano no quesito carregadores e eletropostos.

Entre os entrevistados, 44% buscam uma alternativa sustentável para seus trajetos (vs 33% na média mundial) e 24% se consideram entusiastas da mobilidade livre de emissões (vs 18% na média mundial). O próximo veículo adquirido será sustentável para 26% dos brasileiros, sendo que 15% deles optariam por um carro a bateria elétrica e 11% disseram preferir um automóvel híbrido.

Estímulos para crescer

O estudo revela, ainda, que existem alguns gatilhos para que o mercado possa chegar na margem de R$ 340 bilhões de receita, como alguns incentivos estatais para se aliarem aos movimentos do setor privado.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Atualmente, já existem mecanismos, como isenção de IPVA, diminuição da alíquiota do IPI (Imposto sobre produtos industrializados) e até o imposto zero para importação, apesar de que esse último pode mudar em breve por pedido das montadoras.

Hoje, essa indústria soma R$ 5,2 bilhões de receita anual no Brasil, com esse número chegando a R$ 20 bilhões em 2025 e os R$ 340 bilhões em 2040.

Fonte: McKinsey & Company