Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Brasil terá gigafábrica de carros elétricos

Por| Editado por Jones Oliveira | 05 de Julho de 2022 às 14h00

Link copiado!

Divulgação/Bravo Motor Company
Divulgação/Bravo Motor Company

Você já ouviu falar da Bravo Motor Company? Não? Então, guarde este nome, pois ela planeja se tornar, em breve, a dona da primeira gigafábrica para carros elétricos e baterias no Brasil, como fez Elon Musk com a Tesla nos EUA. Isso ficou acordado após a empresa, de origem argentina, mas sediada no país norte-americano, fechar um contrato de parceria com a Rockwell Automation.

Ambas firmaram parceria para construir o complexo voltado para mobilidade elétrica, provisoriamente chamado de Colossus Cluster, e que terá como sede Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. O investimento inicial, segundo comunicado divulgado pela Rockwell, será de US$ 4 bilhões.

De acordo com a Rockwell, a empresa aceitou fechar a aliança porque, desta forma, contribuirá para o fornecimento de soluções de ponta para a fabricação de baterias e veículos elétricos no mercado brasileiro, com base no conceito de economia circular, e também fornecerá soluções digitais modernas para maximização de resultados e “Time to Market” acelerado, com tecnologias de simulação, otimização e realidade aumentada, integradas à engenharia e manufatura.”

Continua após a publicidade
“Para a Rockwell Automation, é extremamente importante apoiar empresas e projetos alinhados com nosso propósito e direção estratégica. Bravo e o projeto Colossus Cluster cumprem nosso objetivo de fomentar ainda mais a inovação e as iniciativas ESG no país. Este projeto é uma oportunidade única na vida para impulsionar conjuntamente ESG, práticas de sustentabilidade e inovação no Brasil. É raro encontrar uma empresa com a qual você se alinha tão perfeitamente em visão e propósito. Juntos, queremos tornar essa visão uma realidade”, avisou John Miles, Diretor Global Head de Mobilidade da empresa.

Planos da gigafábrica de carros elétricos no Brasil

As empresas informaram que o planejamento inclui, a princípio, a fabricação de 22.790 carros elétricos por ano, a partir de 2024, mas que a ideia é ampliar este número até 2029, data prevista para a conclusão do projeto. A gigafábrica de carros elétricos no Brasil deve gerar 14 mil empregos no País, diretos ou indiretos, e produzir 43.750 kits de baterias de íon de lítio por ano.

“8% dos empregos brasileiros estão direta ou indiretamente ligados à cadeia produtiva automotiva, colocando o Brasil como um forte player global. A aposta para o futuro de todo o ecossistema é a eletrificação e, por isso, a necessidade de baterias que atendam a essa demanda tornou-se ainda mais estratégica. Estamos muito felizes em trazer uma multinacional como a Rockwell Automation, que tem mais experiência em fábricas de baterias de produção em larga escala, fazendo a grande diferença para ter a melhor indústria de baterias do mundo, em Nova Lima”, resumiu Eduardo Javier Muñoz, CEO da Bravo Motor Company.