53% das pessoas querem trocar de carreira depois da covid-19

53% das pessoas querem trocar de carreira depois da covid-19

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 15 de Dezembro de 2021 às 23h30
Racool_studio/Freepik

Segundo o relatório Protegendo o Futuro do Trabalho, 53% dos brasileiros querem mudar de profissão após a covid-19. Os principais motivos são equilíbrio entre vida pessoal e profissional (50%), desejo por um salário mais alto (49%), busca por uma função mais significativa (31%), redução da jornada de trabalho (31%) e trabalho por prazer (14%).

Rogério Silva, CEO do Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), aponta que mudar de profissão requer planejamento. “É preciso se capacitar para as funções da nova área”, destaca. “Com o avanço da tecnologia e do meio digital, alguns cursos estão passando por atualizações e outros estão sendo criados. O mercado de trabalho sempre sofre transformações e a sociedade precisa acompanhá-las."

Além disso, é preciso ter paciência para entender que demora para adquirir conhecimento e experiência para se destacar na nova função escolhida. Algumas dicas podem ser úteis nesse processo. Veja a seguir!

1 – Faça uma lista com os motivos da transição

Isso encoraja e dá confiança na preparação e é fundamental nesse momento de insegurança. “Se a mudança faz brilhar os olhos, não hesite em deixar o medo de lado e seguir em busca da realização profissional”, ressalta Jefferson Vendrametto, diretor e especialista em educação do Cebrac.

2 – Programe-se financeiramente

Estar preparado financeiramente ajuda a atravessar o início da nova carreira (Imagem: Reprodução/Unsplash/Jason Leung)

Mesmo com planejamento, é importante reconhecer e se preparar para a instabilidade inicial. “Você não sabe quanto tempo vai passar sem trabalhar ou quanto tempo passará se profissionalizando”, lembra ele. “Guarde dinheiro para imprevistos e para realizar a transição da melhor forma.”

3 – Pesquise sobre a nova área

É importante entender a nova área: estatísticas, estratégias e funções. Pesquise em sites e agências de emprego sobre o trabalho e analise os requisitos solicitados: isso facilita a preparação para se tornar apto a ser contratado. É importante dominar as atribuições e estar seguro para as atividades.

4 – Planeje a carreira

Mesmo com as incertezas, estabeleça metas e planos de curto, médio e longo prazos. Visualizar a carreira dará motivação para buscar as mudanças. “Com os objetivos mentalizados, ciente do que está construindo e aonde quer chegar, haverá mais vigor e energia para o trabalho.”

5 – Qualifique-se

Boa qualificação é essencial (Imagem: Reprodução/Pixabay)

Para uma nova carreira, é preciso se preparar tecnicamente para as funções. Qualificar-se é dar um passo em direção à concretização da nova profissão. “Os custos são investimentos e o valor vai retornar da forma mais gratificante possível. Busque se profissionalizar em instituições com credibilidade”, aponta Vendrametto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.