Sony lança câmera A7 IV com suporte para 4K e foco em criação de conteúdo

Sony lança câmera A7 IV com suporte para 4K e foco em criação de conteúdo

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 21 de Outubro de 2021 às 17h10
Divulgação/Sony

Depois de vazar acidentalmente quase todos os detalhes de sua nova câmera no início da semana, a Sony lançou oficialmente a A7 IV, atualização do modelo A7 III apresentado em 2018. O novo produto traz melhorias no sensor, na capacidade de gravação de vídeos, e em vários outros recursos diversos. 

Construção voltada para vloggers

Tela traz construção articulável que pode girar em 180 graus (Imagem: Divulgação/Sony)

A construção da A7 IV é bastante similar ao modelo antecessor, mas agora um novo botão rotatório pode alternar entre o modo estático, vídeo ou S&Q (slow and quick, ou lento e rápido). Cada uma das configurações muda a disposição das opções nos menus da câmera, para otimizar a utilização em diferentes objetivos. Ela mantém a mudança estrutural da A7S III, que traz o botão de gravação de vídeos para a parte superior, uma posição mais prática para vloggers.

A câmera vem com um novo sensor BSI-CMOS de 33 MP, uma melhoria significativa em comparação ao sensor de 24 MP do modelo anterior. O produto ainda dá suporte para gravação de conteúdos em 4K a 60 fps, com profundidade de cor de 10-bit — para efeito de comparação, a A7-III permitia somente 4K a 30 fps e 8-bit. Essas especificações colocam o novo dispositivo em um patamar mais próximo aos seus principais concorrentes, a Canon EOS R6 e a Panasonic GH5 II.

Botão para início de gravação de vídeos fica na parte superior (Imagem: Divulgação/Sony)

O visor da A7 IV traz 3,68 milhões de pontos eletrônicos, com taxa de atualização de até 120 Hz — enquanto a A7 III traz 2,36 milhões de pontos e 60 Hz —, enquanto a tela posicionada na parte traseira tem 1,03 milhão de pontos, com estrutura completamente articulável. O produto também traz estabilização em 5 eixos, com 5,5 stops para redução de tremidas.

Melhorias na gravação de vídeos e foco automático

Câmera traz visor com 3,68 milhões de pontos eletrônicos (Imagem: Divulgação/Sony)

A Sony não implementou melhorias na velocidade da captura de fotos, pois a A7 IV oferece um máximo de dez imagens por segundo, mas apenas com uma considerável compressão, o que representa perdas de qualidade no resultado final. Para imagens com a qualidade máxima que a câmera pode oferecer, essa capacidade é reduzida para cinco imagens por segundo. De acordo com a marca, será possível tirar até 828 fotos por vez no modo RAW+JPEG — o modelo anterior trazia capacidade de apenas 90 fotos em RAW por vez.

A câmera oferece suporte para uma grande variedade de formatos em gravação de vídeos, como o XAVC S que permite uma taxa de leitura de até 600 Mbps. Outros formatos mais tradicionais também estão disponíveis, mas não há compatibilidade para captura em RAW 16-bit com gravação em um dispositivo externo. 

Câmera será vendida em kits com lentes da Sony (Imagem: Divulgação/Sony)

A A7 IV ainda traz 759 pontos de foco automático, com uma cobertura próxima a 94% da área do sensor. Com o processador de imagem BIONZ R e o recurso Eye AF, ela tem auxílio de inteligência artificial para reconhecer informação espacial em tempo real, o que permite monitoramento mais eficiente e preciso. É a primeira vez que a Sony apresenta uma câmera com suporte para reconhecimento constante de pássaros e humanos em vídeos, mas as melhorias de software também poderão ser percebidas nas fotos, de acordo com a marca. 

Um recurso adicional da A7 IV é o Focus Breathing Compensation, que usa um zoom digital suave para compensar mudanças de enquadramento que podem ocorrer durante ajustes de foco. Porém, essa função só funciona em conjunto com as lentes das séries G e GM, que estão entre as mais caras da Sony. No foco manual, é possível ativar o chamado Focus Map, que incorpora cores na cena mostrada, que diferenciam os objetos que estão dentro, à frente ou atrás da profundidade de campo configurada.

Suporte para gravações longas e transmissões ao vivo

Câmera é capaz de realizar transmissões ao vivo, com suporte para até 1080p60 de forma nativa (Imagem: Divulgação/Sony)

O corpo da câmera ainda traz estrutura voltada para dispersão de calor, o que proporciona uma hora completa de gravação em 4K a 60 fps — a Canon EOS R6, por exemplo, é limitada a cerca de 40 minutos de captura em 4K@30 fps, antes dos primeiros avisos de superaquecimento aparecerem. 

Para a transmissão de conteúdos ao vivo, a Sony implementou novos recursos para aumentar a agilidade e continuidade dos streams. A compatibilidade com o aplicativo Imaging Edge auxilia nesse aspecto, por meio do pareamento Bluetooth com um smartphone. A A7 IV também traz suporte para Wi-Fi de 5 GHz, e tem uma entrada USB-C 3.2 Gen2 para transferência de arquivos ou transmissão ao vivo com resolução 1080p a 60 fps ou 4K a 15 fps.

O armazenamento também pode ser feito por um leitor CFexpress tipo A com suporte para até 800 MB/s, ou SDXC UHS II com até 300 MB/s. A bateria da nova câmera traz uma autonomia um pouco mais baixa em relação ao modelo anterior, com 610 capturas no padrão CIPA, contra 700 na A7 III.

Preço e disponibilidade

A A7 IV será vendida por um preço consideravelmente mais alto do que a A7 III. O valor sugerido da nova câmera fica em torno de 2.500 dólares (cerca de R$ 14 mil em conversão direta), ou 2.699 dólares (R$ 15 mil) em kit com uma lente 28-70mm f/3.5-5.6. Ainda não foram divulgadas informações oficiais relacionadas a quais mercados especificamente receberão o produto, mas já se sabe que ele estará disponível a partir de dezembro.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.