GoPro libera uso da Hero8 como webcam e oferece mais funções experimentais

Por Felipe Junqueira | 09 de Julho de 2020 às 10h00
Felipe Junqueira/Canaltech
Tudo sobre

GoPro

Saiba tudo sobre GoPro

Ver mais

A GoPro tem trabalhado bastante para melhorar a experiência de quem tem uma de suas câmeras de ação. Há algumas semanas, a companhia anunciou o Labs, um programa experimental que adiciona ainda mais recursos à Hero8 Black, e agora traz um beta com função webcam para transmissões ao vivo durante a pandemia de COVID-19. O Canaltech conversou com Pablo Lema, vice-presidente da empresa, para entender as novidades.

Webcam de luxo

Em primeiro lugar, o mais recente beta liberado pela companhia inclui uma nova função de software à Hero8 Black, modelo mais recente da companhia: webcam. Conectada a um computador via cabo, a câmera poderá ser utilizada para captar vídeo a ser transmitido pela internet. A ideia é ajudar principalmente professores, entusiastas da culinária e iogues a mostrarem mais do que apenas seus rostos durante as lives.

“Usar o telefone pode ser ruim porque ele fica na frente de alguém que quer mostrar como se preparar uma receita, por exemplo. E ainda é incômodo para interagir via chat. Com a GoPro como webcam, ainda é possível aproveitar o amplo campo de visão para mostrar muito mais coisa além do seu rosto”, observou Lema.

O software beta já está disponível para baixar no site da GoPro, mas por enquanto a função só é compatível com o sistema macOS. A empresa trabalha na compatibilidade com Windows e promete liberar o recurso em breve.

GoPro Labs

GoPro Labs funciona por códiogs QR (Foto: Divulgação/GoPro)

Há algumas semanas, a companhia anunciou um programa que vai um pouco além de um beta. O GoPro Labs é uma espécie de versão experimental que adiciona várias funcionalidades diferentes à Hero8, como a programação para gravar ao perceber movimento ou em um horário determinado.

“São recursos que a gente sempre experimentou internamente e resolvemos liberar para quem tem mais familiaridade com a câmera também testar”, explicou o executivo. “Não sabemos se algum dia se tornarão recursos para todo o público, mas estamos de olho no feedback dos usuários. É possível que alguns se tornem funcionalidades para o usuário final”, salientou.

Para instalar o Labs, basta entrar na página do programa, baixar o software e fazer a instalação na câmera pelo cartão microSD. É um processo bem simples e apenas adiciona mais funcionalidades, que você pode experimentar buscando os QR codes no site da fabricante.

O vídeo acima foi divulgado para mostrar uma das possibilidades do Labs: foram instaladas câmeras em uma plataforma de lançamento de foguete, um local onde ninguém poderia se aproximar por alguns dias. Os dispositivos foram programados para capturar alguns minutos antes do evento, como explicou David Newman, membro da equipe téncica da GoPro, no blog da empresa.

“As câmeras HERO8 Black não possuíam controle externo e nós estávamos longe demais para que o controle Wi-Fi por meio do GoPro App funcionasse”, contou. Como não tinha jeito de garantir que elas ficassem ligadas durante 72 horas e ter carga suficiente para fazer a captação das imagens, as câmeras foram programas para ligar minutos antes do lançamento e começar a gravar automaticamente. “Tudo isso configurado com um único código QR, vários dias antes”, explicou Newman.

Você pode experimentar o Labs, com várias funcionalidades, e também a versão beta do software da Hero8 gratuitamente.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.