Microsoft passa a marca de US$ 1 tri em valor de mercado e deixa Apple para trás

Por Se Hyeon Oh | 07 de Junho de 2019 às 22h50
Microsoft
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

Conforme apurado pela Bloomberg, a Microsoft parece viver dias de muita felicidade, já que o preço de suas ações subiu 7% nas últimas 5 sessões, atingindo sua maior valorização em trade intraday, além de fechar o dia sendo avaliada acima da marca de US$ 1 trilhão pela segunda vez.

Em comparação, no mesmo período a Alphabet acabou caindo 3,5% enquanto o Facebook viu uma queda de 2,9%. A Apple, por sua vez, apresentou uma subida de 9%, mas o valor é 18,2% abaixo do recorde alcançado pela Maçã em 3 de outubro de 2018. Dessa forma, agora a Microsoft vale mais de US $ 100 bilhões a mais que o sua concorrente mais próxima.

Especialistas especulam que os ótimos resultados apresentados pela Microsoft estejam relacionados com o baixo nível de envolvimento com o ambiente regulatório hostil que gira em torno das grandes empresas de tecnologia, além também de seu forte envolvimento com serviços corporativos, que são menos suscetíveis de serem afetados por crises econômicas.

Alex J. Zukin, analista da Piper Jaffray, respondeu à Bloomberg dizendo que a Microsoft está melhor posicionada do que nunca para manter a sua carteira de clientes em caso de recessão econômica, dada a “ampla atividade operacional além do TI".

Fonte: MSPoweruser

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.