Ações da Apple caem após queda na produção do iPhone X

Por Redação | 29 de Janeiro de 2018 às 16h52
Tudo sobre

A produção do iPhone X foi recentemente reduzida para cerca de 20 milhões de unidades, reforçando rumores anteriores que chegaram, até mesmo, a cogitar que o aparelho teria sua produção completamente interrompida ainda em 2018, devido ao baixo interesse do público.

E a notícia sobre a queda na produção do dispositivo fez com que as ações da Maçã caíssem em mais de 2% nesta segunda-feira (29), pois os investidores ficaram receosos sobre as perspectivas financeiras da companhia de Cupertino. Esse é o nível mais baixo das ações da Apple em 2018, que já não vale mais US$ 14 bilhões.

De acordo com analistas da UBS, "os ganhos da Apple deveriam superar as expectativas do trimestre de dezembro, mas a orientação de março pode decepcionar", já prevendo queda nos resultados financeiros (em comparação com as expectativas) do primeiro trimestre do ano. Vários analistas do mercado já reduziram suas expectativas para os envios do iPhone X nas últimas semanas, citando, entre outros fatores, o alto preço do dispositivo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para piorar este cenário, a Verizon (operadora de telefonia que opera nos Estados Unidos) declarou na semana passada que suas ativações de aparelhos pós-pagos foram menores do que no ano passado, porque as pessoas estão preferindo manter o mesmo aparelho por mais tempo, sem cair na tentação de comprar um smartphone novo sem necessidade. E uma pesquisa realizada nos EUA, que entrevistou pessoas que planejam comprar o iPhone X, mostrou que dos 43% interessados na pesquisa anterior, sobraram, agora, 37%.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.