Black Friday: tudo o que você precisa saber para comprar com segurança

Publieditorial | 21 de Novembro de 2018 às 19h01
kaspersky lab

O grande dia do comércio varejista está chegando: a Black Friday acontece, oficialmente, nesta sexta-feira (23). Descontos e promoções de cair o queixo já estão sendo anunciados mesmo antes da data oficial, como de costume, mas o fato é que na sexta-feira as ofertas serão ainda mais intensas — e os cibercriminosos aproveitam a ocasião para se dar bem. Então, como se proteger e garantir a segurança durante suas compras nesse período tão turbulento?

Pois é: enquanto você só quer garantir aquele celular topo de linha pelo menor preço possível, os criminosos virtuais se aproveitam dessa ansiedade de consumo para aplicar diversos golpes, que têm como consequência desde o roubo de dados pessoais, chegando até mesmo ao roubo de seu dinheiro. De acordo com a Kaspersky Lab, inclusive, a quantidade de páginas de phishing com alvo em seus dados financeiros cresce em um terço nesta época do ano!

Então se liga nessas dicas de como se proteger e comprar na Black Friday com a segurança que você precisa e merece!

Atenção às lojas falsas

(Imagem: Kaspersky Lab)

Em lojas autênticas, você escolhe o produto, faz o pagamento e confia que o envio de sua compra acontecerá no prazo informado. Do contrário, há mecanismos legais que protegem o consumidor contra problemas no comércio, incluindo o virtual. Mas lojas falsas, que apenas se passam por e-commerces de verdade, não estão preocupadas com isso: elas colocam no ar um site que até pode ter uma "cara" profissional, recheado de produtos com preços atrativos, com o único objetivo de roubar seus dados e seu pagamento. Depois do golpe aplicado, essas lojas falsas rapidamente saem do ar e todo mundo que arriscou comprar ali acaba perdendo seu dinheiro, sem receber o produto desejado.

Segundo a Kaspersky, essas lojas costumam ter três coisas em comum:

  • Seus nomes não são conhecidos, e tanto você quanto ninguém do seu convívio nunca ouviram falar dela
  • Trazem uma quantidade muito grande de propaganda em suas páginas
  • Oferecem descontos absurdos e impraticáveis pelo comércio geral, como, por exemplo, um iPhone recém lançado custando apenas R$ 500

Então, em suma, se uma oferta parece boa demais para ser verdade, vindo de uma loja que ninguém conhece: desconfie.

Outro tipo de loja falsa é quando criminosos tentam imitar o site de uma loja popular, passando-se por ela, e aqui o objetivo muitas vezes é roubar os dados de seu cartão de crédito. Neste caso, o que você precisa fazer é prestar atenção à URL da página: se ela for algo como MarcadoLivre.com no lugar de MercadoLivre.com, a troca da letra "e" pela "a" em "Mercado" já mostra que se trata de uma página falsa, por exemplo.

Se isso parece muito complicado para você, considere proteger sua navegação na internet contando com as soluções de segurança da Kaspersky, que estão com 60% de desconto no período da Black Friday! Ainda, confira a lista atualizada do Procon com mais de 400 sites a serem evitados no período da Black Friday, uma vez que o órgão que trabalha em defesa do consumidor disponibiliza publicamente a tabela com sites que já foram denunciados, contendo, também, empresas que foram notificadas por más práticas, mas que não responderam ou aquelas cujos responsáveis não foram encontrados.

Malícia para não cair em mensagens falsas

(Imagem: Kaspersky Lab)

O phishing é um tipo de golpe que dissemina uma mensagem promocional falsa com atrativos imperdíveis para que o maior número possível de pessoas caia, levando-as a visitar páginas maliciosas com o intuito de roubar dados. Usando engenharia social, esse tipo de golpe depende da vontade das vítimas de ganhar algo; então, a Black Friday acaba sendo um período com alta incidência de phishing.

Imagine o seguinte: você fez "n" compras e está recebendo vários e-mails das lojas em questão confirmando seus pedidos, seus pagamentos, e informando prazos de entrega. Em meio disso, chega um e-mail aparentemente legítimo contendo "informações sobre o seu pedido" ou "confirmação de entrega". Então, ao abrir, há um link para "mais informações" — e é neste momento em que você caiu no golpe de phishing, cujo link leva a uma página que não é do lojista real e que o induzirá a preencher um formulário e, assim, roubar seus dados.

E, além do roubo de dados, o phishing também é usado para a instalação de trojans em seu computador. Trojans bancários, especialmente, são disseminados nesta época do ano, pois esse tipo de vírus fica ali, quietinho, observando o que você insere de dados nas páginas que visita e, ao inserir dados financeiros para fazer compras virtuais, é nesta hora em que ele faz o que foi desenvolvido para fazer.

De acordo com a Kaspersky, somente nos primeiros nove meses de 2018, foram detectadas 9,2 milhões de atividades relacionadas a trojans bancários em compras online, incluindo sites de cinemas, lojas de eletrônicos e grandes marketplaces que são visados pelos cibercriminosos. E, com seus dados em mãos, os criminosos podem fazer compras em seu nome à vontade até que você perceba que foi vítima de um golpe.

Trojans, bem como outros tipos de vírus, podem ser barrados imediatamente se você contar com um bom antivírus em sua máquina. E a Kaspersky está oferecendo 60% de desconto em suas soluções de segurança, então aproveite!

Não existe almoço grátis

(Imagem: Kaspersky Lab)

Ainda que na Black Friday muitos produtos custem "preço de banana", a máxima do "se a esmola é demais, o santo desconfia" é verdadeira. Então, desconfie sempre que receber, especialmente via WhatsApp e redes sociais, cupons de desconto e até mesmo produtos gratuitos (como brindes e amostras grátis, por exemplo) sob a condição de se preencher um formulário de cadastro e encaminhar a "promoção" a um número determinado de contatos.

Um exemplo recente, identificado pela Kaspersky, foi o da oferta de um cartão de crédito "Black" sem consulta aos sistemas de crédito, entre outros benefícios que não são comuns de instituições financeiras que administram cartões de crédito. O golpe pedia o pagamento de um boleto no valor de R$ 34,99 referente a uma suposta anuidade, além do preenchimento de um formulário pedindo nome, endereço, e-mail e CPF. Com isso, além de roubar seu dinheiro que foi pago pela anuidade, os criminosos ainda roubam seus dados pessoais, podendo usá-los para praticar outros crimes por aí.

Dicas de ouro para se proteger de verdade

  • Entenda como funciona o golpe via phishing. Afinal, o Brasil é o país que mais recebe ataques de phishing em todo o mundo e, portanto, é essencial estar por dentro do assunto e saber como se proteger.
  • Se encontrar uma transação desconhecida em seus lançamentos do cartão de crédito, aja imediatamente para bloquear o cartão e demais medidas de proteção.
  • Não clique em todo e qualquer link que receber, mesmo de contatos de confiança. Certifique-se de que o amigo em questão realmente enviou o link a você, pois ele pode ter sido vítima de um golpe que dissemina links maliciosos sem seu conhecimento.
  • Ao visitar uma loja virtual, sempre confirme que sua URL é mesmo a verdadeira, prestando atenção aos mínimos detalhes — afinal, os golpistas tendem a simular ao máximo a página verdadeira, mudando caracteres que passam despercebidos aos olhos menos atentos.
  • Conte com uma boa solução de segurança em sua máquina, como as soluções da Kaspersky Lab, cujos produtos, em 2017, participaram de dezenas de testes e análises e foram premiados outras dezenas de vezes por conta de sua eficácia.
  • Faça parte dos grupos de ofertas do Canaltech no WhatsApp e no Facebook! Lá, nós indicamos ofertas bacanas apenas de lojas confiáveis, então estes são ótimos canais para você ficar por dentro dos grandes descontos, sem correr o risco de cair em nenhuma roubada.

As soluções da Kaspersky Lab estão com preço de Black Friday

Para ajudá-lo a proteger seu dinheiro e dados pessoais contra os perigos do mundo online, a Kaspersky está oferecendo suas soluções de segurança com 60% de desconto, no clima da Black Friday:

  • Total Security: proteção completa para toda a família, seja no PC, Mac, Android ou iOS. Para até 5 dispositivos, o valor cai de R$ 169,90 para apenas R$ 67,96 pelo período de um ano.
  • Internet Security: protege sua navegação na internet, seja pelo computador (Windows ou Mac) ou pelo celular (Android ou iOS). Para proteger até 5 aparelhos por um ano, o valor cai de R$ 159,90 para R$ 63,96.
  • Anti-Vírus: fornece um antivírus essencial para seu PC. Para proteger até 5 computadores por um ano, o valor cai de R$ 99,90 para apenas R$ 39,96.
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.