Oi? Kanye West compara vacina para COVID-19 com "a marca da besta"

Por Fidel Forato | 09 de Julho de 2020 às 16h15
Wikimedia Commons

Em nova polêmica, o rapper norte-americano Kanye West fez uma série de revelações sobre como ele enxerga uma possível vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Durante entrevista concedida para a revista Forbes, o cantor também comentou que foi diagnosticado com a COVID-19, ainda em fevereiro, e que suspeita de uma conspiração envolvendo vacinas, de forma geral. Para se justificar, apontou histórias de que esses medicamentos possam afetar o desenvolvimento infantil.

Durante a conversa, Kanye West explicou ser "extremamente cauteloso" em relação a uma vacina para imunização contra o coronavírus, inclusive classificou esse potencial medicamento como "a marca da besta". O rapper também declarou: "Eles querem colocar chips dentro da gente, querem fazer todo tipo de coisa, para fazer com que não possamos atravessar os portões do céu".

Rapper Kanye West defende que vacinas para a COVID são a marca da besta (Foto: reprodução/ Wikimedia Commons)

Bill Gates envolvido?

Sobre a polêmica dos possíveis chips implantados na hora da vacina, é provável que o rapper estivesse se referindo a algumas teorias da conspiração de que o fundador da Microsoft, Bill Gates, tentaria implantar microchips em bilhões de pessoas através de uma vacina contra o coronavírus.

Outra fake news disseminada por Kanye West faz referência a uma segunda teoria da conspiração, na qual o fundador da Microsoft seria responsável pela paralisia de 500 mil crianças na Índia depois de testar uma vacina contra a poliomielite. "Muitas de nossas crianças estão sendo vacinadas e paralisadas", disse o rapper.

No mundo todo, 12,2 milhões de pessoas já foram contaminadas pelo novo coronavírus, sendo mais de 550 mil mortos em decorrência da infecção. Agora, somente nos Estados Unidos são mais de três milhões de infectados e 135 mil mortos, segundo a plataforma Worldometers. Nesse cenário, frases como essas sobre saúde pública podem ter um impacto questionável na vida de milhões de pessoas.

Aproveitando a ocasião, West também disse que está falando sério quanto a sua candidatura para presidente dos Estados Unidos. "Como qualquer coisa que já fiz na vida, estou fazendo para vencer", afirmou.

Fonte: Forbes

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.