Zoom se corrige e admite não ter 300 milhões de usuários

Por Diego Sousa | 30 de Abril de 2020 às 12h20

Na última sexta-feira (30), noticiamos que o Zoom, um dos apps de videoconferências mais populares dos últimos meses, alegou ter alcançado a marca de 300 milhões de usuários ativos por dia. No entanto, após o site The Verge ter denunciado uma pequena edição feita no relatório da empresa publicado na semana passada, o Zoom admitiu que cometeu um erro na divulgação da quantidade de usuários da plataforma.

Em vez de possuir 300 milhões de usuários diários ativos – como foi alegado originalmente –, a empresa, na verdade, tem 300 milhões de participações em chamadas por dia. A diferença é significante, pois as participações são contabilizadas múltiplas vezes – por exemplo, caso uma pessoa realize 10 videoconferências em um único dia, ela conta como 10 acessos, não apenas um. Os usuários ativos são calculados com base no login diário de cada participante independentemente de quantos acessos foram feitos no mesmo dia pela mesma pessoa.

Segundo o The Verge, o erro foi editado pela empresa no último dia 24 de abril, um dia depois da divulgação dos resultados falsos. No entanto, não houve um anúncio público comunicando o equívoco nem a alteração até esta quinta-feira (30) – ou seja, quase sete dias levando créditos por alegações falsas. Somente após um pedido de posicionamento feito pelo publicação foi que o Zoom atualizou sua postagem no blog com uma nota e forneceu a seguinte declaração:

Estamos orgulhosos de ajudar mais de 300 milhões de participantes em chamadas diárias a permanecerem conectados durante esta pandemia. Em uma postagem no blog de 22 de abril, involuntariamente nos referimos a esses participantes como "usuários" e "pessoas". Quando percebemos esse erro, ajustamos a redação para "participantes". Esta foi uma supervisão genuína da nossa parte.

Embora o erro tenha sido corrigido, o Zoom não divulgou os números reais de usuários diários ativos que utilizam a plataforma para se comunicar.

Fonte: The Verge  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.