WhatsApp testa envio de fotos e vídeos que somem depois de visualizados

WhatsApp testa envio de fotos e vídeos que somem depois de visualizados

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 30 de Junho de 2021 às 10h33
Oleg Magni/Pexels

Finalmente, o WhatsApp começou a testar o envio de mídias autodestrutivas. O canal beta do mensageiro para Android incluiu uma função nos moldes do Snapchat e Telegram, com envio de imagens e vídeos que podem ser visualizados uma única vez.

Essa ferramenta é um complemento às mensagens temporárias, também antecipada pelo Canaltech. O comportamento do novo recurso em avaliação é bem simples: basta apertar no botão de visualização única, posicionado no canto inferior direito da tela de edição, para fazer com que o conteúdo suma do celular do destinatário logo após ser visualizado.

Botão de visualização única foi posicionado no canto inferior direito da tela, no campo de legenda da mídia (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Não há pré-visualização do conteúdo no chat, como acontece em vídeos e fotos normais, e a mídia autodestrutiva é exibida em um pequeno balão, tal qual documentos quando enviados pelo WhatsApp. A mensagem revela o formato do conteúdo (imagem ou vídeo) e, logo abaixo, o tamanho do arquivo.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Para quem envia, a mensagem assume visual parecido: a mídia é colocada em um balão no chat e, assim que for aberto, é substituída por uma etiqueta de “visualizado”.

Indicativos de visualização são exibidos mesmo se a confirmação de leitura estiver desativada (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

O destinatário pode ver o conteúdo por quanto tempo quiser, desde que não feche a visualização da mensagem. Apesar de ser temporário, capturas de tela ainda podem ser feitas, já que a ferramenta não aproveita o bloqueio nativo do celular — e aí o WhatsApp perde para programas rivais com função semelhante.

Por ser um recurso em testes, não se sabe quando ele será liberado para todos os usuários. Não há previsão, também, para a liberação das mídias temporárias na versão beta do WhatsApp para iOS. No sistema do robozinho, a compilação com que carrega a novidade é a 2.21.14.3.

Fonte: WABetaInfo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.