WhatsApp testa em SP função que mostra comércio nas proximidades

WhatsApp testa em SP função que mostra comércio nas proximidades

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 15 de Setembro de 2021 às 15h35
Imagem: M. H./Pixabay

O WhatsApp lançou nesta quarta-feira(15) um novo recurso que permite buscar por comércios dentro do próprio aplicativo. O recurso, disponível em fase de testes somente em São Paulo, faz com que os usuários do mensageiro possam encontrar lojas e serviços em uma página específica. Para acessar a lista de empresas, o usuário deve ir até a sessão de contatos e clicar na opção “Negócios Próximos”.

Na nova ferramenta, diversas categorias de negócios estão disponíveis, como restaurantes, lojas de roupas, livrarias e serviços automotivos. Os estabelecimentos precisam estar cadastradas no WhatsApp Business para serem listados. A listagem também conta com detalhes sobre as lojas e a distância que o usuário está em relação à localização do estabelecimento. Por fim, a função também permite a inicialização de conversas com os comércios diretamente pelo mensageiro.

Ao contrário do Facebook e do Instagram, o WhatsApp não exibe anúncios para seus usuários, o que dificulta o marketing para negócios que tem atendimento na plataforma. Muitos empreendedores recorrem a anunciar o número e o serviço em outras plataformas. Com a introdução do diretório, é possível que mais pessoas consigam encontrar negócios e realizar compras por meio do mensageiro.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Teste em São Paulo

Imagem mostrando como a nova função funciona. (Imagem: Reprodução/Will Cathcart)

Will Cathcart, chefe do WhatsApp, divulgou em seu Twitter que a ferramenta será testada inicialmente somente em São Paulo. Durante os próximos meses, a empresa estará coletando dados e feedbacks de uso para estudar como melhorar a plataforma e, depois, disponibilizar em mais locais a função, como na Índia e Indonésia.

Cathcart, também no Twitter, explicou que nenhum dado pessoal de usuários será compartilhado com as empresas cadastradas na ferramenta. Considerando que o aplicativo nos últimos meses está envolvido em polêmicas por conta de sua nova política de privacidade, o esclarecimento sobre informações sensíveis na nova função é uma boa atitude por parte do app.

Fonte: Reuters via Uol

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.