Publicidade

WhatsApp lança "sala de espera" para barrar novos membros em grupos

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 21 de Março de 2023 às 12h07

Link copiado!

Felipe Freitas/Canaltech
Felipe Freitas/Canaltech
Tudo sobre WhatsApp

O WhatsApp implementou duas mudanças relevantes para fortalecer as Comunidades nesta terça-feira (21). A primeira deve facilitar o gerenciamento de grupos, enquanto a segunda vai trazer mais contextualização para os usuários.

Os admins terão mais controle sobre a privacidade dos grupos, definindo quem pode entrar ou não, a partir de agora. O objetivo é trazer mais ferramentas para administradores conseguirem monitorar as conversas, bem como acompanhar o ingresso de membros.

Continua após a publicidade

Será possível definir a entrada como limitada, cabendo o responsável filtrar quem acessa ou não o grupo, como em uma sala de espera do Google Meet e do Zoom. Isso será válido mesmo quando alguém ingressar por link de convite ou quando a participação for aberta para a comunidade.

Quem quiser entrar no grupo precisará enviar um pedido e aguardar até algum administrador autorizar a entrada, mesmo que seja participante da comunidade. A medida permitirá, por exemplo, barrar a entrada de usuários com histórico problemático, que poderiam causar confusão em um debate importante.

Esse recurso estava em fase de testes desde julho do ano passado, mas somente agora será liberado para todos. A opção de barrar usuários precisa ser ativada nas opções do grupo, pois será mantida como desligada pro padrão.

Grupos em comum

Continua após a publicidade

Outro recurso que chega nesta atualização é a exibição de grupos em comum com as pessoas. É só clicar no nome da pessoa para abrir o cartão de contato e localizar a informação dos grupos em comum que ambos participam.

Outro caminho é pesquisando o nome da pessoa, pois o resultado mostrará todos locais onde ambos estão de imediato. Segundo o Zap, o recurso é útil para quem tenta lembrar do nome de um grupo onde um contato participa ou para localizar uma pessoa específica daquele local.

As duas novidades funcionam como um complemento para as Comunidades, ferramenta do Zap que permite reunir vários grupos em uma temática única. "Com o crescimento das Comunidades e seus grupos maiores, queremos que seja fácil saber quais grupos você tem em comum com alguém", explicou a companhia.

Os dois recursos começarão a ser implementados nas próximas semanas para todos os usuários, no Android, no iOS e na versão Web. Para desfrutar, recomenda-se acessar a loja oficial do celular e baixar a atualização mais recente.