Uber Eats deixará de entregar comidas de restaurantes no Brasil

Uber Eats deixará de entregar comidas de restaurantes no Brasil

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Janeiro de 2022 às 14h56
Divulgação/Uber Eats

A Uber anunciou que pretende deixar o mercado de delivery de comida de restaurantes para focar apenas na entrega de produtos de supermercados e conveniências no Brasil. Com isso, o Uber Eats seguirá entregando refeições normalmente apenas até o dia 8 de março de 2022.

Segundo a empresa, o aplicativo Uber Eats passará deve oferecer uma seleção de mercados, lojas especializadas, pet shops, floriculturas, lojas de bebidas e outros artigos específicos. A justificativa seria uma ação planejada para concentrar esforços na parceria com a startup chilena Cornershop, especializada na entrega de itens de conveniência e mercado.

O Uber Eats continuará existindo, mas focará em outros produtos que não sejam refeições (Imagem: Eggbank/Unsplash)

Mudanças no Uber Eats

Já a partir desta quinta-feira (6), a companhia removerá o pagamento em dinheiro no app do Eats, portanto as compras precisarão ser feitas pelas modalidades digitais. A companhia aceitará pedidos com pagamento apenas via cartão de crédito ou débito e Pix — vale-alimentação e refeição não estão inclusos.

A empresa promete continuar a expandir a oferta de soluções de delivery para empresas com o Uber Direct, que permite a entrega de diversos tipos de produtos em alguns minutos, ao utilizar a rede de motoristas e entregadores parceiros da Uber.

Embora não tenha mencionado, uma das causas para a saída da Uber do segmento de delivery de refeições pode ser a concorrência forte de rivais aqui no Brasil. O mercado local é dominado pelo iFood, mas rivais de peso conseguiram cavar espaços importantes, principalmente no interior do país, coisa que o Eats parece não ter tido tanto sucesso.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.