COVID-19 | Reino Unido prepara app para identificar contato com pessoas doentes

Por Rubens Eishima | 01 de Abril de 2020 às 10h10
Reprodução: BBC

Após hesitar em tomar medidas mais enfáticas para conter a expansão do novo coronavírus, o governo do Reino Unido endureceu as medidas de combate à COVID-19 e já prepara o lançamento de um app. Segundo a Sky News, o objetivo do aplicativo é identificar a exposição do usuário a pessoas contaminadas com o vírus.

O lançamento do app está previsto para o final da fase atual do isolamento ordenado pelo governo, que termina em três semanas. O uso do aplicativo não será obrigatório, o que pode levantar dúvidas sobre a sua eficácia, mas o Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS, na sigla em inglês) espera que o app atraia mais de 50% da população. 

Ainda em desenvolvimento, a proposta é que o app permita detectar outros telefones nas proximidades com o uso do Bluetooth. O alerta de proximidade com infectados pela doença será feito posteriormente – para evitar pânico e falsas identificações – e requer que o doente informe o contágio pelo aplicativo.

A ideia é que os dados não sejam enviados ao governo ou instituições, o que poderia gerar resistência ao uso do app no país. Mesmo assim, ativistas de privacidade levantaram questões importantes sobre o funcionamento e eficácia do app.

Além de o aplicativo depender de os doentes relatarem sua condição e precisar ter uma alta adesão para gerar dados confiáveis, os ativistas lembraram que muitos cidadãos no país com idade acima de 60 anos não possuem smartphones.

Fora o app, o Reino Unido trabalha ainda com a possibilidade de fazer o rastreamento dos cidadãos com o uso das redes de telefonia, registrando dados anônimos dos clientes das operadoras.

Fonte: Sky News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.