Prefeitura de São Paulo lança aplicativo próprio para táxis

Por Felipe Demartini | 02 de Abril de 2018 às 18h33
Divulgação

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta segunda-feira (2) o SP Táxi, seu software próprio para motoristas e cidadãos. Com liberação inicial apenas para o sistema operacional Android, a ideia do app é permitir que condutores de praça façam concorrência direta a outros serviços de transporte por aplicativo, oferecendo vantagens especiais aos envolvidos na cadeia.

Na fase inicial de implementação, o aplicativo não cobrará taxas dos motoristas, repassando todo o valor das corridas a eles. Com isso, vem também um incentivo à aplicação de descontos, que podem ser de até 40% e prometem configurar a maior frente a nomes como Uber, Cabify e 99, notórios inimigos dos taxistas nas cidades em que atuam.

Além disso, a prefeitura cita como diferenciais a necessidade de alvarás e registros. Somente rodam pelo SP Táxi os motoristas de praça credenciados junto à administração municipal, o que garante a realização de cursos e obtenção de licenças específicas, dois argumentos bastante utilizados para depor contra os softwares de transporte concorrentes.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

SP Táxi é resposta da prefeitura de São Paulo aos apps de transporte (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

O funcionamento é basicamente o mesmo de outras soluções do tipo. O usuário configura o local de embarque e também o destino, com a chamada sendo enviada ao motorista mais próximo. Há opções para uso de dinheiro ou cartões de débito ou crédito, com o motorista informando quais modalidades aceita – o uso de “maquininhas” é obrigatório na capital paulista, mas o sistema permite a indicação de que somente pagamento em espécie é aceito. Nesse caso, claro, o condutor deve receber menos corridas.

Assim como acontece nos outros aplicativos, a solicitação de corridas já exibe os valores estimados, com direito a diferentes faixas de desconto. A diferença, entretanto, é que nessa implementação inicial, os valores devem ser pagos – e negociados – diretamente com o motorista e de acordo com o que estiver no taxímetro. Ao final, tanto usuários quanto condutores são avaliados entre uma e cinco estrelas.

Dois aplicativos foram lançados nesta segunda, um para usuários e outro que é exclusivo para motoristas. É nele que os colaboradores inserem suas informações e aguardam aprovação da prefeitura, além de configurarem descontos e as modalidades de pagamento aceitas. Segundo a administração municipal, ainda, condutores com qualificações mais altas terão prioridade em chamadas, principalmente durante grandes eventos ou locais de grande movimentação.

Por enquanto, porém, o SP Táxi está disponível apenas para Android, com uma versão iOS chegando em breve. O aplicativo é uma colaboração entre as prefeituras de São Paulo e do Rio de Janeiro – na capital fluminense, o sistema já está em operação desde o ano passado, também devendo chegar a outras cidades ao longo de 2018.

Fonte: SP Táxi

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.