Preenchimento de formulários ficará mais seguro no Google Chrome

Por Rubens Eishima | 19 de Agosto de 2020 às 14h00
Google
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Google anunciou no blog de desenvolvimento do Chrome que o navegador incluirá um alerta para campos de texto em sites não seguros. Outra mudança que afetará sites desprotegidos é que o recurso de preenchimento automático de formulários não funcionará neles.

A mudança é a mais recente alteração do Google para estimular o uso de conexões seguras ao acessar sites. A empresa já prioriza resultados de sites HTTPS em suas buscas e bloqueou conteúdos desprotegidos em sites seguros.

A partir da versão 86, os formulários e campos de texto que enviam as informações sem criptografia — até mesmo em sites seguros — receberão um alerta durante o preenchimento pelo usuário, com uma mensagem semelhante a “Este formulário não é seguro. O preenchimento automático foi desativado”.

Alerta substitui o histórico de preenchimento (imagem: Google)

Como a mensagem deixa claro, o recurso que facilita a inserção de informação nos campos será desativado. O Google informou que o gerenciador de senhas integrado ao Chrome continuará funcionando nesses casos, mantendo a instrução para o uso de senhas únicas.

Caso o usuário tente enviar a informação preenchida no campo não seguro, o Chrome mostrará uma mensagem alertando para o risco em potencial, oferecendo a chance de desistir ou continuar. O objetivo, segundo o Google, é conscientizar as pessoas de que o envio sem criptografia pode deixar as informações ao alcance de curiosos e criminosos.

O cronograma de lançamentos do Chrome prevê que a mudança chegará à versão de testes Canary ainda neste mês. Já a edição regular do navegador deve receber a novidade na versão 86, programada para a primeira semana de outubro.

Fonte: Google  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.