Google Chrome vai bloquear imagens, vídeos e áudios que não usam HTTPS

Por Felipe Ribeiro | 06 de Novembro de 2019 às 13h45
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A Google anunciou que as próximas versões do Google Chrome passarão a bloquear conteúdos que não sejam carregados por meio do HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure, ou, na tradução livre, Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro). O objetivo, segundo a empresa é motivar os administradores de sites a migrarem suas imagens para HTTPS.

Embora a mudança das plataformas para o HTTPS tenha sido latente há alguns anos, como a marcação de sites HTTP ( Hypertext Transfer Protocol ou Protocolo de Transferência de Hipertexto) como inseguros quase que de maneira instantânea, ainda existem muitos endereços que, apesar de oferecerem acesso por meio de uma conexão segura HTTPS, fazem upload de conteúdos utilizando uma conexão HTTP não segura.

O plano da Google é bloquear progressivamente este tipo de conteúdo em várias versões do navegador, começando com o Chrome 79, a versão que chegará em dezembro de 2019. O primeiro passo será adicionar uma nova configuração para desbloquear o conteúdo misto em sites específicos. Essa configuração será aplicada a scripts, iframes e outros tipos de páginas que o Chrome atualmente bloqueia por padrão. A configuração pode ser alterada diretamente no ícone de cadeado na barra de endereço, acessando as configurações do site.

Com a chegada do Chrome 80, que acontecerá no primeiro trimestre de 2020, os recursos de áudio e vídeo serão atualizados automaticamente para HTTPS e, se o navegador não conseguir carregá-los com segurança, os bloqueará de imediato. Os usuários podem continuar desbloqueando o conteúdo das configurações do site na barra de URL.

Imagem: Google

Além disso, no Chrome 80, as imagens HTTP podem continuar sendo carregadas, mas o Chrome exibirá um aviso "Não seguro" na barra de endereço.

Fonte: Google Security Blog , GenBeta

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.