Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Play Store agora mostra anúncios enquanto você pesquisa

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 08 de Maio de 2023 às 11h35

Link copiado!

Mika Baumeister/Unsplash
Mika Baumeister/Unsplash

O Google reservou mais um espaço em seus serviços para exibir os anúncios do Google Ads. A atualização nos serviços do Android de abril de 2023 trouxe melhorias úteis, como privacidade aprimorada e mais estabilidades, mas também a chegada de mais propaganda à Play Store.

A loja de apps já tinha alguns anúncios espalhados, mas agora passa a ter também os reclames no histórico de pesquisa. Isso significa que a área pode exibir sugestões de eventos limitados ou de apps ou jogos patrocinados.

Continua após a publicidade

As "sugestões patrocinadas" não são explicitamente rotuladas como um anúncio, mas fica nítido se tratar de uma área paga, pois fica posicionada acima dos dados anteriores. Ambos os tipos desaparecem quando você começa a digitar sua pesquisa.

O comportamento é esperado apenas ao tocar na Barra de Pesquisa, sem precisar digitar nada, conforme explicado na página de suporte da empresa. É mais uma tentativa da empresa de atender aos anseios dos anunciantes de aumentar os downloads ou vender mais produtos e serviços via app — e, obviamente, lucrar um pouco mais.

Anúncios na pesquisa da Play Store

O lado bom é que a maioria dos banners desaparece após ser mostrado, sem uma segunda exibição. Mas não há como negar o desconforto de muita gente com isso, afinal você pode tocar acidentalmente no lugar e ser direcionado por engano.

O update está sendo enviado para todos os usuários da Google Play Store e estará presente na versão 35 ou superior. Como essa melhoria afeta os serviços do Android, a atualização é obrigatória e não há como pular a instalação.

Na semana passada, usuários reclamaram de outra prática com anúncios do Google. A empresa começou a exibir propagandas em meio à listagem de e-mails no Gmail, o que irritou muita gente nas redes sociais.

Recentemente, a Gigante das Buscas também anunciou o uso de inteligência artificial para criar anúncios mais otimizados. A ideia é que a IA generativa do Google, que também alimenta o Bard, seja capaz de criar campanhas como uma agência de marketing.