O que significa WhatsApp?

O que significa WhatsApp?

Por Rodrigo Folter | Editado por Bruno Salutes | 03 de Fevereiro de 2022 às 11h50
Pixabay

Todo mundo usa o mensageiro, mas você sabe o que significa WhatsApp? Hoje vamos falar sobre a mensagem por escondida por trás do nome do aplicativo que ultrapassa a barra dos bilhões de usuários ativos mensais, podendo ser considerado o app de conversa mais usado no mundo.

Confira abaixo a resposta para essa pergunta e fique um pouco mais íntimo da plataforma que modificou a forma de comunicação e conexão entre pessoas, além de outras curiosidades!

O que significa WhatsApp

Indo direto ao ponto, WhatsApp (Android | iOS) é um trocadilho da gíria “What's up”, expressão informal bastante usada por nativos da língua inglesa, especialmente nos Estados Unidos. Sua tradução é algo como “E aí?”, “Beleza?” ou, ainda mais coloquialmente, "Qual é?"

Daí que os criadores do aplicativo, Brian Acton e Jan Koum, tiraram ideia para o nome. Foneticamente, “App” e “Up” tem sons muito parecidos, mas a segunda parte do nome do mensageiro também significa “application software” - software de aplicação ou simplesmente aplicativo.

O nome WhatsApp é um trocadilho com a expressão "What's Up" (Imagem: Aarn Giri/Unsplash)

É possível encontrar a expressão na literatura inglesa de ficção desde o início do século XIX, referindo-se a uma pergunta, saudação ou um problema que está muito distante de uma solução.

Outro fator responsável por tornar a expressão tão popular, foi o lançamento do desenho dos "Looney Tunes" e dos curtas "Merrie Melodies". Na década de 1940, o personagem Pernalonga (Bugs Bunny) ficou extremamente famoso com o seu bordão "What's Up, Doc?", que foi traduzido na dublagem brasileira para "O que que há, velhinho?".

De 1999 até 2002, "Whassup" (maneira alternativa de escrever "What's Up"), acabou se tornando um bordão extremamente conhecido por conta da campanha publicitária da cerveja Budweiser. No comercial, quatro amigos falavam ao telefone, cumprimentando um ao outro usando a fatídica expressão de maneira cômica.

Se essa cena parece bastante familiar, é porque, em 2000, o filme "Todo Mundo em Pânico" parodiou o comercial, e isso foi algo que também ajudou a tornar a expressão ainda mais popular. É interessante ressaltar que algumas teorias não oficiais atribuem a origem do nome WhatsApp a esse trecho em específico, mas isso nunca foi comprovado.

Cena parodiada do comercial da Budweiser no filme "Todo Mundo em Pânico" (Imagem: Reprodução/Dimension Films)

WhatsApp atende ao propósito de ser um nome acessível, fácil de ser lido, pronunciado e, ainda por cima, tem sonoridade similar a expressão que ficou extremamente popular entre os usuários de língua inglesa. O resultado? Bilhões de pessoas utilizando o aplicativo mensalmente, algo de se tirar o chapéu.

Fonte: WhatsApp, Dictionary.com e TraceBites

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.