Meowtalk | O que é e como funciona o app que promete traduzir miados dos gatos

Meowtalk | O que é e como funciona o app que promete traduzir miados dos gatos

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 05 de Novembro de 2021 às 12h05
Stanzebla/Flickr (modificado)

Apesar do senso comum bastante injusto de que “gatos não têm coração”, quem convive com um sabe que os bichanos são bastante amorosos — alguns deles, inclusive, "conversam" e respondem perguntas dos donos quase como se fossem humanos. Em um "papo” com o felino, é lógico que não dá para entender cada miado, mas a tecnologia e a aprendizagem de máquina chegaram para (tentar) mudar esse cenário no app MeowTalk.

O aplicativo consegue extrair no máximo 13 frases diferentes do vocabulário felino, tais como “estou com fome”, “me deixe sozinho” ou “me dê carinho” com base no cruzamento de dados entre idade e sexo do bichinho. O programa, vale avisar, não é como um Google Tradutor, já que gatos não se comunicam de forma tão complexa quanto humanos.

O app tem o modo MeowTalks, para traduções feitas na hora, e o MeowRoom, para detecção automática de miados (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Além disso, não existe uniformidade nos miados de gatinhos. Cada pet se comunica com seu dono de forma distinta — não à toa dá para identificá-los com base no miado. Sendo assim, o app também precisa de uma ajudinha para melhorar a precisão das traduções.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mais personalidade para o bichano

“Acredito que [o aplicativo] é especialmente importante porque, com o distanciamento social que está rolando, as pessoas estão confinadas em casa com... um felino”, comentou em entrevista ao site GeekWire o desenvolvedor do app Javier Sanchez. “Isso permite que as pessoas se comuniquem com seus gatos, ou pelo menos entendam a intenção deles e construir uma conexão importante”, continuou.

Javier Sanchez trabalhou com a Alexa e usou sua experiência com comandos de voz para criar o MeowTalks (Imagem: Reprodução/GeekWire)

Sanchez é um engenheiro de software e anteriormente trabalhou com o time de desenvolvimento de aprendizagem de máquina da Alexa, a assistente virtual da Amazon, o que lhe garantiu certa expertise na interpretação de comandos de voz.

“Eu pude ver ‘como a salsicha é feita’, como eles [a Amazon] treinavam os modelos e trabalhavam com as plataformas de ciência de dados. Então eu estava finalizando isso e pensei ‘bem, poderíamos fazer algo semelhante com gatos’”, disse o desenvolvedor.

O MeowTalk hoje acumula mais de 5 milhões de downloads desde seu lançamento na Play Store, em 14 de outubro de 2020. As avaliações do app não desapontam, e a média de notas chega a 4,1 estrelas no momento da elaboração desta matéria.

Como usar o MeowTalks?

O processo para começar a conversar com os gatinhos é bem simples: basta baixar o app (iOS | Android), preencher a ficha do bichano (ou dos bichanos, se for o caso) e iniciar as gravações. O processo leva poucos minutos e requer conexão com a internet para criar uma conta e fazer login.

Dentro do app, também há o modo MeowRoom, capaz de captar miados automaticamente no ambiente em que o celular está. Essa função drena mais bateria do celular, considerando que usa o microfone a todo instante para tentar captar falas do gato.

E funciona mesmo?

Em testes no Canaltech, o MeowTalk até parece uma proposta interessante e pode ajudar a entender o gatinho em momentos que ele estiver em outro cômodo, mas o programa não faz milagres: para que ocorram com precisão, as traduções precisam ser estabelecidas pelos próprios usuários, que naturalmente precisam saber como interpretar as expressões do bichano.

O cadastro de bichinhos pode ser feito rapidamente, inclusive com o cadastro de uma foto (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Resumindo, não dá para saber ao certo se o app funciona mesmo e, no fim das contas, ele não supera a interpretação de um dono com uma forte relação com um gato. Quem tem um bichinho em casa passa a identificar os pedidos e hábitos dele com o tempo, quase como um "intérprete próprio”. Isso, porém, requer tempo e dedicação — e aí talvez o MeowTalk possa ser útil ao acelerar esse processo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.