Instagram faz mais um esforço para tornar o IGTV menos inútil

Instagram faz mais um esforço para tornar o IGTV menos inútil

Por Felipe Junqueira | 14 de Abril de 2020 às 12h25

O IGTV não pegou tanto quanto o Instagram esperava, mas isso não desanimou os responsáveis pela plataforma ainda. Confiantes que o app é o “futuro dos vídeos”, os desenvolvedores fizeram uma mudança visual razoavelmente grande no recurso, com o objetivo de dar mais foco ao criador de conteúdo — que é, afinal de contas, o grande responsável por manter a plataforma ativa e viva.

Prestes a completar dois anos, o IGTV como app individual ainda era usado por menos de 1% dos usuários do Instagram até janeiro, quando o Facebook removeu o atalho para o primeiro dentro do segundo aplicativo, separando um pouco mais cada plataforma. A empresa não divulga números de uso, mas a impressão é que há potencial para muito mais conteúdo do que existe atualmente por lá.

A nova versão do app já pode ser notada logo de cara. A página principal passa a ser mais personalizada para cada usuário, com recomendações de conteúdo que o algoritmo da plataforma considerar mais interessantes de acordo com o que o usuário já assistiu no app e quem ele segue. Além disso, foram incluídas as abas "Descobertas" e para gravação de vídeo sem as mãos, localizadas na parte inferior da tela.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mudança visual no IGTV (Imagem: Reprodução/Instagram)

A inclusão da aba "Descoberta" é interessante porque permite ao usuário encontrar conteúdo além do publicado por quem ele já segue. Ali, o Instagram vai recomendar vídeos populares da plataforma, permitindo uma exploração maior e a descoberta de criadores de conteúdo que interessem mais. Como o conteúdo do Instagram e do IGTV é diferente, pode ser interessante encontrar alguém que não esteja no radar na primeira rede para seguir na segunda.

Outra mudança é que agora os Stories de vídeos do IGTV publicados no Instagram não vão mais mostrar apenas um quadro parado do vídeo, mas sim 15 segundos do conteúdo, com a possibilidade de o usuário acessar a publicação completa ao arrastar para cima.

Esforços para atrair usuários

O Instagram tem uma base de mais de 1 bilhão de usuários, mas poucos usam ativamente o IGTV — quem tem conta na rede social já está automaticamente cadastrada na outra, que é apenas um app à parte, e não uma plataforma totalmente diferente. Mas, enquanto o primeiro tem mais de 10 milhões de avaliações na App Store e Play Store somadas, o segundo não chegar a 50.000 reviews nas lojas oficiais.

Em número de downloads, o IGTV está na faixa de “mais de 1 milhão de instalações” na Play Store, enquanto o Instagram tem cerca de 10 vezes mais, já tendo ultrapassado 1 bilhão de downloads. Aqui é bom lembrar que a contabilidade não é exata: a loja do Google salta em faixas.

App do IGTV tem cerca de 10 vezes menos instalações que o Instagram no Android (Foto: Reprodução)

Entre os esforços para movimentar mais o app de vídeos longos, o Instagram tem incentivado talentos de seu escritório em Los Angeles para publicarem mais conteúdo na plataforma. Um fator que pode fazer diferença é a empresa começar a monetizar os vídeos, o que atrairia mais criadores, mas por enquanto essa possibilidade é apenas um rumor.

Agora, o Instagram tenta solucionar o que acredita ser a maior dificuldade para prender usuários no IGTV, que é a exploração do conteúdo. A rede social já tem integração razoável entre os dois apps, já que o usuário pode publicar parte de seus vídeos longos na própria linha do tempo do Instagram, além de chamar nos Stories. A aposta da vez é que o usuário fique no segundo app para encontrar mais conteúdo.

A atualização do IGTV já está disponível na App Store e na Play Store, mas parece ser liberada aos poucos. Ninguém foi agraciado com a novidade na redação do Canaltech, ainda. E você, já consegue ver o novo visual do aplicativo? Conta pra gente!

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.