Google vai unir assinaturas do YouTube Red e do Play Music em uma só

Por Redação | 27 de Julho de 2017 às 09h50

A Google vai juntar dois de seus serviços para criar uma nova assinatura em breve. O YouTube Red e o Play Music passarão a fazer parte de uma mesma oferta, permitindo que os usuários usufruam de conteúdos em vídeo e musical sem se preocupar com duas mensalidades. As equipes de ambos os serviços já estão trabalhando juntas há algumas semanas no novo projeto.

O responsável por confirmar a novidade foi Lyor Cohen, chefe do departamento de música do YouTube. Durante a conferência New Music Seminar, em Nova Iorque, o executivo explicou que a decisão é muito importante para atrair novos assinantes. "O importante é combinar o YouTube Red e o Google Play Music e oferecer apenas um serviço", afirmou Cohen após ter sido questionado sobre a queda de popularidade do YouTube Red.

A falta de popularidade do YouTube Red é justificada pois o serviço não é tão simples quanto deveria. Ele funciona apenas em poucos países e sua funcionalidade que permite ouvir os vídeos musicais em segundo plano se confunde com o próprio Play Music, já que é mais interessante ouvir músicas em um serviço de streaming de músicas do que de vídeos. Por fim, o recurso de TV do YouTube também está limitado a poucos países, o que torna difícil para o serviço ter uma alta adesão.

Vale lembrar que o YouTube Red é um serviço que oferece aos assinantes acesso a vídeos originais, remoção de anúncios em todos os vídeos reproduzidos e a possibilidade de assisti-los offline. Quanto ao Google Play Music, o aplicativo permite que os usuários acessem um catálogo de milhões de músicas em qualquer hora e lugar, seja com ou sem conexão à internet. No Brasil, o Play Music custa R$ 14,90 no plano individual, enquanto que o YouTube Red, no exterior, custa R$ 31,35 (na cotação atual).

A Google afirmou que os usuários de ambos os serviços serão notificados com antecedência sobre qualquer mudança. "A música é muito importante para a Google e estamos avaliando uma maneira de oferecer o melhor produto possível aos nossos usuários, aos nossos parceiros e aos nossos artistas. Nada vai mudar para os nossos usuários hoje e nós vamos continuar a fazer chegar as notícias antecipadamente, antes de qualquer mudança", explicou a empresa.

A fusão dos serviços é algo que faz todo o sentido, já que, em partes, o YouTube Red e o Play Music oferecem alguns recursos semelhantes. Dependendo do preço e da disponibilidade do serviço único em vários mercados, a Google tem tudo para conseguir novos assinantes e desbancar a forte concorrência do setor.

Fonte: The Verge

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.