Google Pay lança nova versão com funções parecidas com o PicPay

Por Ramon de Souza | 18 de Novembro de 2020 às 20h20
Reprodução/Mika Baumeister (Unsplash)
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Na última terça-feira (17), o Canaltech avisou que o Google estava prestes a apresentar uma versão remodelada do Pay, seu tradicional aplicativo que usa NFC (comunicação por aproximação) para possibilitar o pagamento de itens em maquininhas de cartão com tecnologia sem contato físico. Pois bem: como prometido, a companhia liberou nesta quarta-feira (18) um extenso vídeo para revelar as novidades do novo Google Pay — e ele ficou estranhamente parecido com o PicPay.

Antes de mais nada, a nova interface (inspirada no Tez, app do Google lançado exclusivamente na Índia) já mostra, de cara, familiares, amigos e estabelecimentos nas redondezas que aceitam pagamento via Pay — isso inclui restaurantes e até postos de gasolina. Sendo assim, é possível pedir comida via delivery usando o aplicativo, pagando diretamente através dele sem nem precisar se locomover até o local.

Para aumentar as semelhanças com a plataforma brasileira, o Pay também ganhou uma aba chamada “Explore” que lista ofertas e — pasmem — programas de cashback. É isso mesmo: usando o serviço do Google para realizar seus pagamentos, você conseguirá parte do dinheiro de volta. Trata-se de uma tendência relativamente comum no mercado financeiro, então não podemos ficar muito surpresos.

Prosseguindo, como já previsto pelos boatos, o Google Pay agora pode se integrar às suas contas bancárias (de forma segura, através da plataforma Plaid) para que você possa conferir seu saldo, extrato e histórico de movimentações financeiras de todas as instituições nas quais é correntista, em um só lugar. O app também oferece alguns guias de finanças pessoais e ferramentas que lhe ajudam a gerenciar melhor suas economias.

Obviamente, o cerne do Google Pay — pagamentos via NFC — ganhou melhorias. Você pode continuar guardando quantos cartões quiser, mas um deles deverá ser escolhido para ser o “padrão” da sua conta”; caso queira trocar por outro documento, é necessário tocar em seu ícone, e, aí sim, abrir toda a carteira digital. Também ficou mais fácil acessar seu perfil contendo um código QR para receber pagamentos presenciais.

Imagem: Divulgação/Google

Infelizmente, a nova versão do Google Pay é, por enquanto, exclusiva para usuários dos Estados Unidos. Mesmo na terra do Tio Sam, a atualização está sendo disponibilizada de forma gradual e apenas por convite, o que significa que apenas internautas selecionados terão a oportunidade de testá-lo durante as próximas semanas.

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.