Google Maps permitirá selecionar modo de viagem preferido mais rapidamente

Google Maps permitirá selecionar modo de viagem preferido mais rapidamente

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Maio de 2022 às 15h06
Imagem: itscroma/Envato Elements

O Google Maps deve reformular a tela de seleção de rotas para oferecer uma interface mais limpa e simples. Versões beta do programa mostram a possibilidade de selecionar o modo de viagem preferido do usuário de modo diferente do atual. O visual mais discreto da caixa de rota passa a ocupar menos espaço no mapa para entregar melhor campo de visão do trajeto.

Prints de tela mostram as preferências de viagem de modo objetivo, com a opção de retomar as últimas seleções ou as utilizadas com mais frequência. Este não é um recurso totalmente novo, porque já era possível fazer essa pré-seleção, mas precisava ir até as configurações da conta do Google para ajustar.

Com a mudança, a pessoa pode escolher tudo rapidamente pelo próprio aplicativo. Ainda não está claro se essa troca se aplicará também a outros softwares que usam tais dados, como o Google Assistente. O auxiliar de voz precisa saber se você está à pé, de carro, de bicicleta ou no transporte público para traçar a rota mais eficiente.

O Google Maps também começou a testar uma caixa flutuante para mostrar o local de destino e de origem do seu percurso. Antes, um painel branco cobria quase toda parte superior da tela. Agora, o espaço ocupado é bem menor, porque elimina as várias opções de modo de transporte — ainda pode ser acessado na parte inferior da tela.

Mudanças sutis, mas importantes

As alterações na interface do programa são bem tímidas, mas importantes para melhorar a experiência de uso. Se você não tem o costume de andar de metrô, por exemplo, não precisa receber sugestões de trajeto para ele. Muita gente prefere o Waze justamente por ter uma aparência mais amigável, com menos informações e direto ao que interessa.

O Google pecava por querer entregar demais, provavelmente na tentativa de dar uma finalidade útil para tantos dados coletados. Porém, como diz o ditado, muitas vezes "menos pode ser mais".

Vale lembrar que esta é apenas uma versão de testes, portanto ainda pode levar mais algum tempo para chegar no aplicativo estável. A empresa trabalha na renovação do Google Maps desde fevereiro do ano passado, mas a interface nova só foi liberada recentemente.

Se você é cadastrado no programa de testes e ainda não recebeu o novo visual do Maps, confira se está com o app atualizado. Em caso positivo, o jeito é aguardar mais um pouco até ser selecionado.

Fonte: GreenShades  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.