Publicidade

Google começa a aposentar cookies de terceiros no Chrome na próxima semana

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Julho de 2023 às 15h32

Link copiado!

Wirestock/Freepik
Wirestock/Freepik
Tudo sobre Google

Na próxima semana, o Google vai dar mais um passo na direção da aposentadoria dos cookies da internet: a empresa vai lançar o Chrome 115, atualização do navegador que começa a habilitar o kit de ferramentas Privacy Sandbox para desenvolvedores, seu principal candidato para substituir os cookies da internet.

Ainda falta bastante para os cookies serem abandonados por completo, mas a liberação desse conjunto de ferramentas de desenvolvimento é uma etapa importantíssima nesse processo. Agora, anunciantes poderão experimentar com o novo modelo de direcionamento de anúncios livre dos tradicionais rastreadores, agora com mais privacidade para o usuário.

Continua após a publicidade

A ativação das novas APIs vai acontecer de forma gradativa a partir da próxima segunda-feira (24), primeiro alcançando uma quantidade limitada de clientes. Essa distribuição mais cadenciada permitirá mantenha controle sobre eventuais problemas. Além disso, não serão todos os desenvolvedores que terão acesso a todas as ferramentas por agora.

O processo de distribuição deve acontecer por algumas semanas, mas o Google espera alcançar todos os navegadores em meados de agosto, quando o Chrome 116 for liberado de forma definitiva.

O longo fim dos cookies

anos o Google mira na substituição dos cookies da web, mas o processo parece bem lento. Além da implementação ser complexa e delicada, a tecnologia do Privacy Sandbox foi motivo de preocupação de órgãos regulatórios e rivais da Gigante das Buscas, que viram o movimento como uma forma de a companhia ter ainda mais controle sobre anúncios que circulam na internet.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Então, para dar sequência à transformação, o Google precisou acatar uma variedade de normas determinadas por órgãos regulatórios — em especial, a Autoridade de Concorrência e Mercados (CMA), do Reino Unido.

Inicialmente, o Google planejava começar a limpa dos cookies da web no segundo semestre de 2023, mas os obstáculos fizeram a empresa refazer o cronograma e adiar essa etapa para a segunda metade de 2024.