Fundador do Secret anuncia fim do polêmico aplicativo

Por Redação | 30.04.2015 às 07:52

O aplicativo Secret, que já gerou muita polêmica desde o seu surgimento, será fechado. Quem confirmou a informação foi o próprio cofundador e diretor executivo da empresa por trás do app, David Byttow, em um post oficial da plataforma nesta quarta-feira (29).

O app foi desenvolvido para que os usuários pudessem compartilhar informações secretas de maneira anônima, obviamente, porém acabou sendo alvo de denúncias por postagens ofensivas que afetavam terceiros, chegando a ser suspenso no Brasil por um tempo. Ele acabou sendo reformulado, oferecendo a possibilidade de aceitar denúncias, mas, aparentemente, a fórmula não deu tão certo assim.

Em uma postagem na ferramenta de blogs Medium, Byttow diz que a decisão foi a mais difícil que ele já tomou na vida. "O Secret não representa a visão que eu tinha quando eu comecei a empresa. Então, acredito que é a decisão correta para nós, nossos investidores e nossa equipe", afirma.

O Secret conquistou mais de 15 milhões de usuários e explodiu nas redes sociais, chegando a despontar como o app mais usado do mundo. Byttow também ressaltou que o anonimato deve ser tratado com muito respeito e cuidado.

Problemas

A polêmica do Secret no Brasil começou em agosto do ano passado, quando um juiz determinou que o app fosse removido do Google Play e da App Store, além de outras plataformas que o disponibilizasse para Windows Phone. A acusação era de que diversos usuários estavam sendo vítimas de constrangimentos sem possibilidade de defesa.

O aplicativo permaneceu suspenso por quase um mês.

Via: Medium