Foi banido do WhatsApp GB? Saiba o que fazer para recuperar a conta

Foi banido do WhatsApp GB? Saiba o que fazer para recuperar a conta

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 22 de Março de 2022 às 10h09
Reprodução/WhatsApp GB

O WhatsApp GB foi parar nos assuntos do momento do Twitter nesta terça-feira (22) após usuários relatarem uma onda de banimentos. Essa modificação não tem relação com o programa de mensagens instantâneas oficial, mas é necessário ter uma conta nele para ter acesso ao aplicativo paralelo. Além da exclusão, os números passaram a ser bloqueados, portanto sequer podem ser usados no WhatsApp "de verdade".

Algumas pessoas migram para o clone porque ele entrega respostas automáticas, temas personalizados, filtros de mensagens e função "não perturbe". Apesar disso, o uso não é recomendado por oferecer riscos, como o vazamento de dados pessoais e a perda da conta oficial do WhatsApp por roubo de criminosos.

O aplicativo tem loja de temas, agendamento de mensagens e recursos úteis que o "Zap" original não possui (Imagem: Reprodução/WhatsApp GB)

O app já estava na mira da Meta porque é uma versão não autorizada inspirada no mensageiro tradicional, porém sem os recursos de segurança. A gigante das mídias sociais alega que as mensagens trocadas no WhatsApp GB e similares ficam armazenadas em servidores dos desenvolvedores e por isso são sujeitas a interceptação de terceiros não autorizados.

Nas redes sociais, as opiniões se dividem entre os que apoiam a decisão e os críticos à forma como tudo aconteceu. Muita gente diz que não sabia que poderia perder a conta, embora os termos de serviço do WhatsApp original sejam claros quanto a isso.

Como recuperar o WhatsApp banido?

Infelizmente, após o banimento, não há muito o que possa ser feito exceto esperar. Por sorte, WhatsApp não aplicaram a exclusão definitiva para a maioria das pessoas, portanto usuários do WhatsApp GB poderão retornar para a app oficial quando o cronômetro zerar.

Você pode seguir os passos abaixo para tentar manter seus conteúdos:

  1. No WhatsApp GB, siga o caminho Mais opções > Conversas > Backup de conversas e inicie a transferência;
  2. Depois disso, no seu celular, vá até Configurações > Armazenamento > Arquivos;
  3. Ache a pasta do WhatsApp GB, pressione e segure para selecioná-la;
  4. No canto superior direito, toque em Mais > Renomear e renomeie a pasta para "WhatsApp" (sem as aspas);
  5. Baixe o app oficial do WhatsApp;
  6. Verifique seu número de telefone;
  7. Deve surgir uma tela que informará sobre um backup encontrado. Toque em Restaurar > Próximo;

Pronto, o WhatsApp carregará as conversas existentes e gravadas no aparelho. A partir de agora, a pessoa deve usar apenas a versão oficial do programa. Lembre-se que este foi apenas um banimento de aviso, logo uma nova infração pode gerar consequências mais graves.

Fuja dos aplicativos não oficiais

É claro que o WhatsApp não quer que ninguém seja prejudicado, por isso tal atitude serve para alertar sobre os perigos de se usar versões clonadas. Sem a criptografia de ponta a ponta, desenvolvedores e até usuários poderiam interceptar a comunicação e acessar senhas, fotos, vídeos e tudo o mais que você compartilhar com seus amigos ou familiares.

O "WhatsApp Rosa" era uma versão usada para dar golpes em usuários (Imagem: Reprodução/WHATSAPP MODS)

O Canaltech já falou sobre os riscos de se utilizar essas versões paralelas — há uma dezena delas para Android, como o WhatsApp 2 e o WhatsApp NS. Na época, o próprio WhatsApp alertou para a possibilidade de banimento em quem persistisse no uso.

O jeito é aguardar por novidades lançadas pela Meta e sugerir aos desenvolvedores que tragam funcionalidades para o app. Pode demorar, é verdade, mas isso vale mais que o risco de perder acesso ao "Zap" para sempre.

Confira algumas reações dos usuários no Twitter

Fonte: Istoé Dinheiro  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.