Entenda como funciona o Jobr, o Tinder dos empregos

Por Redação

O Jobr é um aplicativo para encontrar vagas de emprego e talentos. O serviço funciona de maneira semelhante ao Tinder: os candidatos analisam vagas e deslizam para a esquerda para rejeitar ou para a direita para se candidatar ao emprego.

Para usar o Jobr, os usuários devem ter um perfil no LinkedIn. Depois de baixar o aplicativo, é necessário autorizá-lo a usar suas informações do perfil do LinkedIn para carregar dados como currículo, experiências anteriores e áreas de interesse. Baseado nessas e em outras informações, como faixa salarial, localização, campo de atuação, formação acadêmica e outras habilidades, o Jobr busca oferecer apenas vagas relevantes para o candidato.

Além de descrever o cargo e as funções e informar dados básicos como salário e localização, as vagas trazem informações da empresa e fotos do local de trabalho. Para rejeitar uma vaga e passar para a próxima, basta deslizar a tela para a esquerda. Para demonstrar interesse e se candidatar, basta deslizar para a direita. Caso a empresa demonstre interesse pelo candidato, os dois podem conversar em tempo real para decidir como vão manter contato.

Os recrutadores que querem contratar pelo app precisam se inscrever no Jobr e esperar que os dados da empresa sejam analisados e aprovados pela equipe do serviço de empregos. Depois disso, eles podem fazer login pelo site próprio para recrutadores no Jobr ou usar o Recruiter Mode no aplicativo para mobile (esta função está disponível apenas no app para iOS). Para criar as vagas, os empregadores publicam fotos do local de trabalho para aparecer melhor nas buscas dos candidatos, adicionam a descrição da empresa e do trabalho e pelo menos 10 requisitos para ocupar o cargo. Depois disso, o recrutador tem acesso a vários candidatos oferecidos pelo Jobr com base nas suas preferências. Eles podem filtrar candidatos por "apenas interessados", "localização" e "requisitos da vaga".

A seleção dos candidatos é semelhante à feita por eles quando estão selecionando as vagas a que vão se candidatar. Para rejeitar um candidato, os recrutadores deslizam a tela para a esquerda; para aceitar, deslizam para a direita. Eles também podem deslizar a tela para baixo caso achem que um candidato se encaixa melhor em outra vaga da empresa.

Jobr

Depois de escolher um candidato, ele recebe uma mensagem dizendo que há um recrutador interessado nele, ao que ele pode demonstrar interesse de volta (e então obter uma combinação) ou rejeitar. Se o recrutador demonstra interesse por um candidato que já se candidatou à sua vaga (isso fica indicado para o empregador no perfil do candidato no Jobr), a combinação é instantânea e ambos podem conversar em um chat.

Disponível para Android e iOS, o aplicativo, infelizmente, ainda não pode ser baixado no Brasil, a menos que o usuário tenha uma conta na App Store ou do Google nos Estados Unidos, onde a maioria das vagas são em empresas de tecnologia. Entre as que já usaram o app estão gigantes como Google, Facebook, Yahoo, Microsoft e várias outras.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.