Criptografia de ponta a ponta está chegando ao Microsoft Teams; saiba quando

Criptografia de ponta a ponta está chegando ao Microsoft Teams; saiba quando

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Junho de 2021 às 13h10

Anunciado em março pela Microsoft, o suporte a criptografia de ponta a ponta pode desembarcar em breve no Teams. A gigante do software deve começar a liberar o recurso no início de julho e espera concluí-lo em duas ou três semanas.

Para oferecer suporte aos requisitos de segurança e conformidade, o setor de TI das empresas terá controle total sobre quem pode usar o sistema na organização. Uma nova política será adicionada e terá um parâmetro para habilitar a criptografia para chamadas individuais.

Por padrão, a tecnologia virá desabilitada. A criptografia de ponta a ponta, ou E2EE, como também é conhecida, poderá ser habilitada manualmente para toda a organização ou restrito a apenas um subconjunto de usuários, como chefes ou pessoas que lidam com informações delicadas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A opção precisará ser liberda pelo admin da rede e configurada manualmente pelos dois participantes (Imagem: Reprodução/MSPowerUser)

Se autorizado pelo administrador, o usuário final verá a opção em suas configurações, que deverá ser ativada sempre que necessário. As chamadas criptografadas suportam apenas recursos básicos, como áudio, vídeo, compartilhamento de tela e bate-papo.

A criptografia ponta a ponta é uma tecnologia capaz de embaralhar informações que só podem ser lidas pelo remetente e destinatário, pois somente eles possuem a chave de decodificação. Qualquer intermediário que acesse os dados não conseguirá compreendê-los porque não está autorizado.

O Microsoft Teams oferecerá suporte a uso da E2EE para chamadas Ad hoc entre duas pessoas, para dar mais segurança na transmissão de informações confidenciais, como senhas. Ele só funcionará se as duas pontas estiverem com a opção habilitada — neste momento inicial, só será válido para clientes rodando o app no desktop e nos celulares.

Fonte: MSPowerUser

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.