Chrome para iPhone ganha recurso exclusivo para navegação em guias anônimas

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 22 de Junho de 2021 às 09h45
Pixabay

O modo de navegação anônima do Chrome é indispensável no passeio pela internet sem deixar rastros no histórico, porém, as páginas abertas nele não são fechadas quando o app é colocado em segundo plano — e há grandes chances de você as esquecer lá, expostas para qualquer um que tiver acesso ao celular. No iOS, o programa do Google solucionou essa questão e passou a exigir a autenticação com Face ID para reabrir as abas do modo especial.

Este recurso foi visto pela primeira vez em fevereiro deste ano pelo pessoal do XDA Developers na versão beta do Chrome 89. Agora, na versão 91, o navegador recebeu a autenticação do modo anônimo como uma função experimental do menu chrome://flags, segundo o site Bleeping Computer.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Proteção de guias anônimas precisa ser ativada no menu de privacidade do Chrome (Imagem: Reprodução/Google)

Assim que você voltar ao app com guias anônimas abertas, encontrará uma página solicitando a autenticação. Ao que parece, o modo não permite nenhum outro meio de verificação de identidade senão o reconhecimento facial, portanto senhas estão de fora e iPhones sem o Face ID não devem ser compatíveis.

Para habilitá-lo, antes verifique na App Store se o Chrome está na versão mais recente. Depois disso, você precisa acessar o menu de recursos adicionais digitando chrome://flags na barra de endereços e pesquisar pela opção Device Authentication for Incognito.

Assim que encontrar a novidade, habilite-a e reinicie o navegador. Em seguida, prossiga para as Configurações > Privacidade e ative a função Lock Incognito Tabs when you close Chrome (ou "Bloqueie as abas anônimas quando o Chrome for fechado", em tradução livre).

Reinicialização do navegador é necessária para aplicar mudanças do menu flags (Imagem: Reprodução/Google)

Estar escondida no menu de ferramentas experimentais do Chrome implica que erros ainda podem acontecer e que a autenticação continua em desenvolvimento. É bom ficar atento aos bugs e não confiar totalmente na proteção do navegador. Ainda assim, o mecanismo estar disponível na versão final sugere que não deve demorar muito para que fique finalmente pronto.

Naturalmente, por não contar com o Face ID, celulares Android foram deixados de lado da adição. Contudo, nada impede que o Google adicione ferramenta parecida que dependa da biometria para verificar a autoria do acesso, porém não há indícios de que algo assim esteja perto de estrear por enquanto.

Fonte: Bleeping Computer

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.