Chrome 92 chega com novidades robustas para tornar a navegação mais segura

Chrome 92 chega com novidades robustas para tornar a navegação mais segura

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 21 de Julho de 2021 às 08h55
Pixabay

O Google já disponibilizou a nova versão 92 do Chrome, cujo principal destaque é o foco em segurança digital. A promessa é de várias novidades, entre as quais um recurso que bloqueia tentativas de golpes virtuais 50 vezes mais rápido do que antes.

A tecnologia introduzida identifica sites que usam técnicas de phishing — falsificação para roubo de dados pessoais — por meio das cores. No geral, essas páginas tentam simular os sites verdadeiros, mas esbarram em cópias nem sempre bem feitas. É justamente nessa diferença que o novo Chrome vai agir: a análise agora leva um décimo de segundo, em vez dos tradicionais 1,8 segundos.

Essa rapidez maior deve aumentar a probabilidade de bloqueio da página antes de alguma ação ser executada no site. Ao associar isso com a proteção extra da sandbox, que confina os processos de software em seus próprios compartimentos de memória, o resultado é um sistema menos propenso a brechas.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Segundo o Google, a tecnologia antiphishing também vai reduzir o uso da bateria de telefones e notebooks, porque o consumo de memória do Chrome está 1,2% menor. Não é muita coisa, mas pode fazer alguma diferença para quem passa mais tempo no navegador.

Outras melhorias do navegador

O Chrome 92 também traz algumas adições de segurança menores, embora também importantes para o conjunto. O navegador agora verifica quando o usuário concede permissão para uso de câmera, microfone ou dados de localização e possibilita a revogação disso a qualquer momento no Android — outras plataformas devem receber posteriormente.

Agora, fica mais fácil saber se os sites estão usando microfone, câmera ou localização (Imagem: Reprodução/Google)

É só tocar no ícone de cadeado, no lado esquerdo da barra de endereços, para abrir um painel que permitirá selecionar quais serão alteradas. Essa novidade deve dar mais transparência para identificar os sites e quais recursos eles usam.

A partir de agora, o programa terá um comando específico chamado “verificação de segurança” que, quando digitado na barra de endereços, vai executar uma varredura geral. O navegador iniciará a verificação das senhas armazenadas e se existe alguma extensão maliciosa.

Existente desde novembro, as "Ações do Chrome" ganham novos comandos a cada atualização (Imagem: Reprodução/Google)

Além disso, essa funcionalidade também vai permitir a realização rápida de ações diretamente na barra de endereço do Chrome. Por exemplo: se você digitar “excluir histórico” ou “editar senhas”, isso será feito de imediato, sem precisar ir até o local específico nas configurações. Isso já existe desde novembro de 2020, mas está em fase de aprimoramento sempre que uma nova versão do navegador vê a luz do dia.

As atualizações e recursos chegarão ao Chrome em definitivo no Android e Windows, Mac, Linux e Chrome OS nas próximas semanas.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.