Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

ChatGPT agora pode abrir arquivos de Google Drive e OneDrive

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 17 de Maio de 2024 às 07h45

Link copiado!

Levart_Photographer/Unsplash
Levart_Photographer/Unsplash

A OpenAI apresentou uma série de mudanças para melhorar a análise de dados no ChatGPT na última quinta-feira (16). Além da integração com Google Drive e OneDrive, o serviço vai oferecer uma visão interativa de tabelas e gráficos na mesma tela. As novidades serão liberadas aos assinantes dos planos pagos ao longo das próximas semanas.

Integração com Google Drive e OneDrive

A atualização dá um reforço no trabalho com arquivos externos, especialmente para a análise de dados. A começar pela possibilidade de subir arquivos do Google Drive ou OneDrive sem ter que baixá-los no computador — basta conectar a conta e selecionar o documento desejado.

Continua após a publicidade

“Isso permite que o ChatGPT entenda seus arquivos do Planilhas Google, Documentos, Apresentações e Microsoft Excel, Word e PowerPoint mais rapidamente”, disse a OpenAI em um comunicado.

Gráficos e planilhas interativas

Toda essa integração faz parte de um novo pacote voltado para a análise de dados. Com essa aproximação, os assinantes conseguem trabalhar suas informações com mais versatilidade e de maneira intuitiva dentro do chatbot.

Por exemplo, se você envia planilhas para o ChatGPT, você pode visualizá-las na mesma tela e fazer solicitações no mesmo instante. Para isso, a conversa fica alocada no canto direito do painel para dar prioridade à visualização das informações do documento.

A inteligência artificial da OpenAI também é capaz de apresentar os dados em gráficos personalizáveis, prontos para você baixar para uma apresentação de slides, por exemplo.

“Esses novos recursos interativos abrangem muitos tipos de gráficos”, disse a OpenAI. “O ChatGPT irá gerar uma versão estática para gráficos que não são suportados.”

Continua após a publicidade

Apenas no ChatGPT Plus, Team e Enterprise

Os recursos serão liberados “nas próximas semanas” no novo modelo da empresa, o GPT-4o, anunciado nesta segunda-feira (13). Além disso, será preciso assinar o plano Plus, Team ou Enterprise para utilizar as ferramentas de dados e a integração com os serviços de nuvem.

Não há previsão de lançamento da atualização para as contas gratuitas.