Caixa lança app para digitalizar solicitações do DPVAT; veja como funciona

Por Ramon de Souza | 01 de Fevereiro de 2021 às 21h20
Divulgação/Caixa

Como noticiado pelo Canaltech no mês passado, a Caixa Econômica Federal (CEF) passou a administrar, após a “morte” da Seguradora Líder, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), mais conhecido vulgarmente pelos condutores como “seguro obrigatório”. Com a novidade, a instituição financeira passa a administrar quaisquer sinistros registrados a partir do dia 1º de janeiro de 2021.

E, para facilitar ainda mais a vida dos cidadãos, a Caixa resolveu lançar, nesta segunda-feira (1º de fevereiro), o aplicativo DPVAT, que permite solicitar indenizações de forma totalmente online, sem a necessidade de se dirigir até uma agência bancária. O software está disponível tanto para Android quanto para iOS e, para usá-lo, basta utilizar as mesmas credenciais de outras plataformas da instituição (como o Caixa Tem).

É muito fácil iniciar o processo: basta clicar no botão “Quero solicitar minha indenização DPVAT”, informar os dados requisitados e enviar a documentação (que varia de acordo com o caso) digitalizada. Após a aprovação do pedido, o valor é creditado em sua conta do Caixa Tem — a mesma utilizada para pagamentos do Auxílio Emergencial — em até 30 dias, podendo ser sacado logo em seguida.

Vale lembrar que o DPVAT cobre acidentes que resultem em invalidez permanente ou morte, além de arcar com custos médicos e hospitalares decorrentes de acidentes de trânsito. A indenização mínima é de R$ 2,5 mil e a máxima é de R$ 13,5 mil, de acordo com a gravidade do incidente. A Caixa ainda não informou se o pagamento do seguro por parte dos condutores sofrerá alguma mudança.

Fonte: O Dia

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.