Aprenda a desativar uma conta do Whatsapp caso seu celular seja roubado

Por Ariane Velasco | 16 de Junho de 2016 às 00h32
Tudo sobre

WhatsApp

Saiba tudo sobre WhatsApp

Ver mais

Um serviço de segurança para desativar a conta do WhatsApp é oferecido pelo aplicativo, e é ideal para os casos nos quais o celular foi perdido ou roubado evitando assim que terceiros utilizem a sua conta. O usuário manterá os seus dados e conversas no app protegidos e o procedimento pode ser feito a partir de qualquer outro dispositivo móvel ou PC.

O que você precisa fazer é enviar um email padrão para encerrar a conta no WhatsApp para proteger a sua privacidade, bloqueando o chip SIM.

Como desativar seu WhatsApp roubado com o suporte

O usuário que teve o seu celular perdido ou roubado pode desativar a sua conta do WhatsApp usando um outro smartphone ou computador, principalmente se ainda não possuir um outro celular ativo com o mesmo número, por meio de portabilidade, para sua maior segurança. Nesse procedimento, a alternativa é enviar um email padrão para o serviço do aplicativo usando qualquer outro dispositivo com conexão à Internet e serviço de email.

Acompanhe o passo a passo para se manter em segurança.

  • Primeiro, abra o aplicativo de email no seu smartphone ou computador. Inicie a redação de um novo email que deve ser enviado para o endereço "[email protected]" - sem as aspas. O assunto do email deve ser "Perdido/Roubado: Por favor, desative a minha conta".
Para desativar seu WhatsApp, envie um e-mail para o suporte (Captura de tela: Ariane Velasco)
  • Agora, escreva também, no corpo do email, "Perdido/Roubado: por favor desative a minha conta". Em seguida você deve digitar o número do seu telefone que é utilizado com o WhatsApp no formato internacional com o "+" na frente do código do país, depois o DDD e o número do telefone. No caso de São Paulo, por exemplo, ficaria "+ 55 11 9XXXXXXXX" no qual 55 é o número do Brasil, 11 é o DDD de São Paulo, seguido pelo número de telefone. Terminado isso, envie o email.
É preferível que a mensagem seja enviada de seu e-mail, não de outra pessoa (Captura de tela: Ariane Velasco)

Conta desativada

Depois de enviar o email, a sua conta não será totalmente desativada pelo prazo de 30 dias, período limite para que você reative o seu número em outro celular. Desse modo, os seus contatos ainda podem te enviar mensagens, que ficarão pendentes por até 30 dias. Depois que você reativar a sua conta, receberá esses recados e poderá recuperar os grupos dos quais participa. Além disso, o seu nome de usuário ainda estará presente na lista de contatos dos seus amigos usuários de Android.

Bloqueando o chip SIM

Para desativar sua conta no WhatsApp, a forma mais prática recomendada pelo aplicativo é fazer o bloqueio do chip SIM. para isso, você deve ligar para a sua operadora e solicitar o procedimento. Essa operação deve ser feita assim que o seu smartphone for perdido ou roubado. Isso é eficaz porque o WhatsApp só pode estar ativo em um número de telefone e dispositivo de cada vez.

Desse modo, quando você for fazer o cadastro no seu novo celular, com o mesmo número (após a portabilidade), o seu smartphone antigo será descartado por não possuir a confirmação via SMS para verificação da conta.

Desative seu WhatsApp bloqueando seu SIM para poder recuperar a conta posteriormente (Captura de tela: Ariane Velasco)

Os números das principais operadoras para desativação são:

  • TIM: 1056, ou *144 em um smartphone TIM;
  • OI: 1057, ou *144 em um smartphone OI;
  • Claro: 1052, ou SMS para 1052. Você também pode usar o aplicativo "Minha Claro" ou entrar em contato pelo WhatsApp em (11) 99991-0621;
  • Vivo: 1058, ou *8486 (no celular). Atendimento para deficientes auditivos: 142.

Atenção: mesmo com o chip bloqueado ainda será possível utilizar o WhatsApp via WiFi no celular perdido/roubado, se o desligamento não for feito via email para o WhatsApp ou tenha sido transferido para um novo aparelho.

Você sabia que era possível desativar o WhatsApp perdido ou roubado? Conte pra gente nos comentários.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.