Apple pode oferecer assinatura de conteúdos de terceiros no app TV

Por Wagner Wakka | 10 de Maio de 2018 às 18h45
Tudo sobre

Apple

A Apple deve começar a vender assinaturas de vídeos terceirizados dentro do aplicativo TV. A notícia vem de fontes do site Bloomberg que confirmam que a Maçã pretende investir neste modelo de negócio em resposta ao serviço de assinaturas da Amazon.

O aplicativo TV apresenta uma gama de canais nos dispositivos da empresa. A ideia é de que o usuário consiga fazer a assinatura direto pelo aplicativo e não precise se adquirir o canal por fora antes de assistir. Com isso, a Apple pode conseguir transformar o aplicativo na central de entretenimento para o qual ele foi pensado, de forma que os usuários já podem acessar o conteúdo direto pelo iPad, iPhone ou Apple TV.

A empresa espera gerar em torno de US$ 50 milhões até 2021 em receita com a ferramenta. Caso consiga acordo com empresas, a Apple poderia também passar a oferecer o streaming dos programas dentro do próprio aplicativo no lugar de usar as plataformas destas empresas, o que gera problemas de não-padronização.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Atualmente, a Apple é uma das gigantes em termos de venda de mídia digital. A empresa tem a maior loja de músicas em formato digital, que é o Apple Music. Assim, elevar as outras esferas de filmes e programas de TV para o mesmo patamar pode ser um passo lógico para a companhia. Os serviços digitais da empresa, como Music e iCloud, tiveram um crescimento de 31% de acordo com último relatório trimestral da Maçã, o que representou um alcance recorde de US$ 9,2 bilhões no período.

A previsão, segundo as fontes, é que o novo projeto do app TV crie forma no início do ano que vem.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.