App de delivery Valeu é a aposta da prefeitura do Rio para rivalizar com iFood

App de delivery Valeu é a aposta da prefeitura do Rio para rivalizar com iFood

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 28 de Março de 2022 às 17h07
Reprodução/Prefeitura do Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio de Janeiro apresentou, nesta segunda (28), o Valeu, um aplicativo de delivery com taxas reduzidas para entregadores e estabelecimentos. Projetado para rivalizar com iFood e Rappi na capital fluminense, o programa tentará repetir o feito do TÁXI.RIO, mas no segmento de delivery, com melhor remuneração para entregadores, mais liberdade para restaurantes e, obviamente, preços mais competitivos para os consumidores.

Taxas só serão cobradas em pedidos acima de R$ 100 — nesse caso, 2% do valor da compra; acima de R$ 200, 5%. Já para entregadores, o valor base da entrega será de R$ 7, que pode ter acréscimos de 2% do preço do delivery em compras acima de R$ 100.

O Valeu não é uma grande surpresa da prefeitura do Rio. Em novembro do ano passado, a Empresa Municipal de Informática (IPLANRIO) apresentou o Entrega.Rio, cuja proposta era inserir a prefeitura da capital do RJ no segmento de delivery, disputando espaço com o iFood e o aposentado Uber Eats.

Melhores condições para entregadores

Uma das principais soluções que o app Valeu propõe é dar mais qualidade de vida ao entregador. O aplicativo não formalizará a relação de trabalho entre o motoboy e o restaurante, ressaltou o prefeito Eduardo Paes em coletiva, mas permitirá que o trabalhador “leve o dinheiro para casa”.

“O trabalho dos entregadores é muito cansativo: para ter uma renda mínima chegam a trabalhar de 12 a 14 horas por dia. E as taxas cobradas pelos aplicativos existentes são muito elevadas”, comentou o secretário municipal de Fazenda e Planejamento, Pedro Paulo, ao jornal O Globo. “Queremos contribuir para gerar mais receita e desenvolver ainda mais o mercado de bares e restaurantes da cidade”.

Além da melhor remuneração, o Valeu também atuará com pontos de apoio espalhados pela cidade, onde entregadores poderão descansar, ir ao banheiro e conhecer outros entregadores. De primeira, serão 30 locais espalhados pela cidade, segundo a apresentação do secretário, mas essa quantidade pode aumentar à medida que o aplicativo crescer em popularidade e demanda.

“A ideia no futuro é abrir [o aplicativo] para credenciar entregadores, mas mantendo uma relação financeira dos entregadores com os comerciantes”, afirmou Pedro Paulo. Os primeiros parceiros do aplicativo receberão uniformes para impulsionar a popularidade do app Valeu.

Segundo o veículo, cerca de 40 estabelecimentos já estavam cadastrados na plataforma até a última sexta-feira (25). Durante a apresentação desta segunda, o prefeito Eduardo Paes e o secretário Pedro Paulo reforçaram que é importante que o empresariado local abrace a ideia para que ela comece a funcionar, especialmente nesse período piloto.

App já disponível para download

O app Valeu já está disponível para download para Android e iPhone. O aplicativo é gratuito e oferece opções de pagamento em dinheiro ou cartão (débito e crédito) direto pelo programa.

Fonte: O Globo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.