App de comunicação BiPTT libera recursos premium para profissionais de saúde

Por Diego Sousa | 09 de Abril de 2020 às 20h00
Reprodução

Os profissionais de saúde e os grupos de apoio fazem parte da linha de frente no combate contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Assim como a população busca por soluções para manter a comunicação em meio ao isolamento social, eles também necessitam de uma troca de informações ágil e instantânea.

É por isso que o BiPTT, um aplicativos de comunicação corporativa, está disponibilizando os recursos da versão Premium gratuitamente para profissionais de saúde, agentes de segurança, defesa civil e voluntários de diferentes iniciativas.

Versão Premium desbloqueia uma série de recursos para empresas (Foto: Reprodução/BiPTT)

Disponível desde o último dia 24 de março, a versão Premium do BiPTT estará gratuita por 60 dias, podendo ser estendida caso haja necessidade. A opção desbloqueia recursos focados no melhor gerenciamento da equipe, como ver a localização dos usuários em tempo real, gravar chamadas e fazer ligações privadas e por canais. 

O principal diferencial do BiPTT é a possibilidade de enviar mensagens de voz sem precisar estar atrelado a uma operadora de celular. Isso porque o programa usa uma tecnologia PTT, conhecida como “push-to-talk”, na qual transforma smartphones em uma espécie de rádio (ou walk-talkie) – semelhante ao clássico rádio da Nextel.

“Diante da pandemia, queremos contribuir com a nossa tecnologia para ajudar equipes de emergência e todos os profissionais que necessitam de uma comunicação de prontidão e agilidade na troca de informações. A solução PTT é fundamental em momentos de crise para a coordenação de esforços de prevenção e resgate”, explica o CEO da BipTT, Edgar Crespo.

Criado por brasileiros, a plataforma de comunicação já atende os segmentos de segurança privada, segurança pública, transporte, logística, varejo e serviço de saúde. Segundo a empresa, mais de 100 mil usuários usam a versão gratuita do BiPTT.

O BiPTT está disponível para smartphones Android e iPhone (iOS). Para usufruir dos recursos Premium, entretanto, é preciso acessar o site e preencher com os dados pessoais e da empresa.

Fonte: BiPTT  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.