Paranoid Android retorna e leva Android 10 para celulares ASUS, Xiaomi e OnePlus

Por Felipe Junqueira | 21 de Abril de 2020 às 08h00
Reprodução/Paranoid Android

Uma boa notícia para quem gosta de ROMs customizadas do Android: a equipe responsável pelo desenvolvimento de uma das mais populares alternativas ao software das fabricantes está de volta após cerca de três anos sem entregar versões estáveis. Estamos falando da Paranoid Android, que, apesar de nunca ter sido tão popular quanto a CyanogenMod — atual LineageOS —, já teve uma comunidade bem grande, especialmente nos tempos de Android KitKat.

Há algum tempo, houve notícia que a Paranoid Android retornaria com força total, mas, desde o Android Nougat, a equipe não conseguiu oferecer muito para o usuário que confia tanto nas customizações para ter versões mais atuais de software, incluindo pacotes de segurança, e alguns recursos extras. Na publicação no blog do grupo em que anunciou a ROM Quartz, que roda por cima do Android 10, a equipe admitiu essa ausência nos últimos anos.

“Para o Oreo e Pie, lançamos compilações com qualidade alfa e beta. Estamos felizes em anunciar que Quartz será nosso primeiro lançamento desde o Nougat. Este é o primeiro passo para que a Paranoid Android valha a pena ser instalada em seus telefones”, escreveu Andrew Fluck. “Também acreditamos que agora temos capacidade de nos comprometer a dar à Paranoid Android a vida que ela merece se realmente quiser continuar a crescer”.

Dispositivos compatíveis

A lista de dispositivos que já podem ter a Paranoid Android instalada inclui, principalmente, dispositivos do ano passado ou um pouco mais antigos, mas também tem alguns bem recentes, como o OnePlus 7 Pro, por exemplo. Tem ainda o Essential Phone, cuja empresa fechou as portas recentemente, encerrando o suporte ao aparelho. Eis os smartphones contemplados inicialmente:

Além disso, há uma lista com mais oito modelos que ainda serão agraciados “nos próximos dias ou semanas”, como o OnePlus 5, 5T, 7, 7T e 7T Pro, Pocophone F1, Sony Xperia XZ2, XZ2 Compact e XZ3, Mi 9T e Mi 9T Pro.

Haverá “atualizações complementares”, além de todos já terem o pacote de segurança de abril, gravação de tela nativa, suporte a gestos e uma lista de recursos extras, além dos já oferecidos oficialmente pelo Android. O pacote já traz os GAPPS em um zip, e a equipe promete atualizações OTA.

Fonte: Paranoid Android

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.