Huawei já está trabalhando nos novos Nexus de 2016, revela executiva da empresa

Por Redação | 03.06.2016 às 21:16

Há algumas semanas reportamos aqui no Canaltech a notícia de que a HTC podia ser a responsável pela produção de não só um, mas dos dois próximos smartphones da linha Nexus, desenvolvida pelo Google. Pois bem, a novidade é que em uma entrevista com o CEO da Huawei, Ren Zengfhei, o portal tech DigitalTrends acabou notando algumas pistas de que talvez a fabricante também seja a responsável pelo sucessor — ou sucessores — dos Nexus 6P e 5X.

Na notícia que publicamos anteriormente, citamos alguns vazamentos que indicavam dois dispositivos Nexus a serem lançados no fim deste ano. Com codinomes "Sailfish" e "Marlin", os dois possíveis smartphones seguem o costume do Google de batizar internamente seus aparelhos com nomes de peixes.

Nexus da HTC e Huawei

O último dispositivo da linha a ser produzido pela HTC foi o tablet Nexus 9, descontinuado pela empresa nessa semana (Foto: reprodução/Slashgear)

Até então, acreditava-se que a HTC seria responsável pelos dois lançamentos, mas a suspeita de que a Huawei também trabalhasse na linha foi confirmada esta semana durante uma entrevista da rede de lojas Gearbest com uma executiva da fabricante chinesa. Segundo a loja, Charlene Munilall — que é quem gerencia as operações da Huawei nos EUA — foi bem clara ao dizer que a Huawei está sim cotada para produzir o próximo Nexus. Não é possível dizer se Munilall soltou a informação num deslize ou se é algo que a Huawei quer mesmo divulgar.

Ao ser questionada sobre o porquê do Nexus 6P não ter chegado a determinados mercados como o da África do Sul, a executiva explicou que isso depende de vários fatores como a expressividade que a fabricante tem no mercado em questão. Durante sua fala, Munilall disse que é o mercado quem acaba se comportando de modo a receber ou não os lançamentos. Por fim, ela ainda disse que, assim como no ano passado, a empresa já está desenvolvendo um aparelho junto ao Google.

Os entusiastas que já esperavam dois Nexus fabricados pela HTC foram pegos de surpresa. Até mesmo Sundar Pichai, CEO do Google desde que o buscador passou a atuar sob o comando da Alphabet, não deu muitas pistas de que pretendia repetir a receita feita com a Huawei e a LG no ano passado: em uma coletiva de imprensa sobre o assunto dada no mês passado, Pichai afirmou que os próximos aparelhos da linha ganhariam um ar mais característico, e que o Google estava trabalhando em novos designs e recursos para os lançamentos futuros.

Procurada pelo DigitalTrends para comentar o caso, a Huawei afirmou que a mídia não deve especular muito sobre rumores e não há nada para compartilhar no momento. Fora as informações vazadas por sua executiva, intencionalmente ou não, fica a dúvida de quantos Nexus veremos neste ano e quem será responsável por cada um deles. Será que a Huawei vai considerar o Brasil em seu próximo Android 'puro'?