Android TV 13 terá novo modo Picture-in-Picture e mais foco em produtividade

Android TV 13 terá novo modo Picture-in-Picture e mais foco em produtividade

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 13 de Maio de 2022 às 11h48
Google

O Google anunciou que o Android TV 13 introduzirá ainda mais mecanismos para extrair o máximo da smart TV. Em conferência feita durante a Google I/O, a empresa apresentou quais recursos pretende aprimorar para aperfeiçoar o sistema operacional em acessibilidade, desempenho e, principalmente, usabilidade.

Uma das novidades mais interessantes é a melhoria do Picture-in-Picture do Android TV 13. As melhorias estão embarcadas em uma nova API implementada no sistema — a mesma integrada aos celulares Android, segundo a Gigante das Pesquisas. O recurso suporta ações, inicialização/encerramento automático de mídia e outras funções.

A nova API para Picture-in-Picture é similar a do celular, garantindo suporte aprimorado para ações e outras atividades automáticas (Imagem: Reprodução/Google)

A atualização permitirá que o PiP suporte janelas redimensionáveis em videochamadas, a fim de garantir espaço na grade para todos os participantes da conversa, por exemplo. A ideia dessa adição é incrementar o potencial de produtividade que a TV oferece e consolidar a integração entre dispositivos do ecossistema Google.

Mais acessibilidade

Em acessibilidade, os esforços do Google focam nos novos layouts para teclados. As opções foram acrescentadas ao InputDevice API, responsável pela compatibilidade com periféricos, e pode descomplicar o uso de acessórios na TV.

Mais layouts de teclados serão suportados no Android TV 13 (Imagem: Reprodução/Google)

A ativação de descrição por áudio também ficou mais simples: uma opção no menu de configurações permitirá que o usuário habilite a função em todos os apps de uma só vez — e cabe ao desenvolvedor preparar o suporte para detecção dessa preferência.

Atenção para performance

Por fim, dando atenção para performance do sistema, o Google apresentou a API AudioManager. A ferramenta permitirá que aplicativos determinem, com antecedência, o destino do áudio processado e confiram quais modos de reprodução estão disponíveis.

Ainda nesse sentido, a API MediaSession concederá ao sistema meios para otimizar o consumo de energia. O mecanismo detectará a atividade de dispositivos conectados via HDMI e, se nenhum sinal for recebido, colocará a TV em standby automaticamente.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.