Review Wonderboom 2 | Caixinha Bluetooth pequena e muito potente

Review Wonderboom 2 | Caixinha Bluetooth pequena e muito potente

Por Diego Sousa | Editado por Léo Müller | 11 de Agosto de 2021 às 11h40
Ivo/Canaltech

Lançada no Brasil no finalzinho de 2019, a caixa de som Bluetooth Wonderboom 2, da Ultimate Ears, tem tudo para conquistar os consumidores que estão ansiosos por uma festinha entre amigos pós-pandemia. O produto é do tamanho de um alto-falante inteligente, ideal para carregar para qualquer lugar, mas promete potência sonora de sobra mesmo em ambientes abertos.

Trazendo resistência contra água e poeira, bateria para 13 horas de reprodução contínua de músicas, corpo robusto e som 360º, será que a Wonderboom 2 é uma boa opção de caixa de som Bluetooth em meio a tantas opções no mercado? Testei a aposta da Ultimate Ears por alguns dias e trago, nos próximos parágrafos, minhas impressões sobre ela.

Obviamente, se você curtir a Wonderboom 2, deixaremos links de compra confiáveis para você adquiri-la com preços bem legais. Vamos nessa?

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Prós

  • Visual é original e muito bonito;
  • Dimensões menores são ideais para levar a qualquer lugar;
  • Som alto e encorpado;
  • Conexão Bluetooth estável;
  • Bateria cumpre o prometido.

Contras

  • Tecnologia Outdoor Boost piora a qualidade sonora;
  • Volume máximo estoura algumas frequências;
  • Incompatibilidade com o app da Ultimate Ears;
  • Não suporta assistentes virtuais.

Confira o preço atual da Ultimate Ears Wonderboom 2

Construção e design

A Wonderboom 2 é uma caixinha de som Bluetooth que poderia muito bem se passar por uma smart speaker devido ao seu tamanho compacto. Ela mantém o design arrojado de outros modelos da Ultimate Ears, mas traz uma construção mais oval em relação às Boom 3 e Megaboom 3 — estas que apostam num formato cilíndrico —, conferindo-lhe um aspecto menos agressivo e mais ergonômico.

A Wonderboom 2 traz uma construção resistente e muito simpática (Imagem: Ivo/Canaltech)

As dimensões inferiores da caixa também auxiliam na pegada, pois ela consegue ser ainda mais leve e menos espessa que a primeira geração da Wonderboom, mesmo sendo um pouco mais alta e tendo uma bateria de maior duração.

Com relação ao visual, a Wonderboom 2 aposta em um tecido de malha em praticamente toda a sua região central, deixando as partes superior e inferior com um revestimento emborrachado. O modelo que testamos traz dois tons de azul com detalhes em ciano, deixando-o mais simpático, embora mais chamativo. Ela também pode ser encontrada nas cores preto, cinza, vermelho e pêssego.

A Wonderboom 3 é uma caixinha Bluetooth com um visual muito simpático, mas sem deixar a robustez de lado. Ela tem construção bem resistente, suportando mergulhos em água doce e salgado, além de quedas a uma altura de até 1,5 m.

A caixinha Bluetooth da Ultimate Ears possui uma alça na parte de cima que permite pendurá-la em qualquer lugar, característica essa que combina muito bem com sua proposta de praticidade.

Os seis botões da Wonderboom 2 ficam localizados nas regiões superior, inferior e frontal. Na parte de cima, temos um botão de energia, um central para pausar e reproduzir uma música, e outro para iniciar o pareamento. Na parte inferior fica apenas o acesso à tecnologia Outdoor Boost, a qual falarei mais sobre ao decorrer do texto; e na frente estão os dois controladores de volume, bem chamativos.

Botões de volume são muito chamativos, mas dão um ar de originalidade ao produto (Imagem: Ivo/Canaltech)

Todos os botões e acessos, incluindo a porta microUSB são vedados, já que a Wonderboom 2 é resistente a água e poeira, cortesia da certificação IP67, além de quedas a uma altura máxima de 1,5 m, segundo a própria empresa — em piscinas e praias, inclusive, a caixinha consegue boiar.

Conectividade

Apesar de parecer uma smart speaker, a Wonderboom 2 não suporta Wi-Fi, apenas Bluetooth. A versão da tecnologia, pelo menos, é a 5.0, garantindo uma conexão rápida e estável na maioria dos cenários. De acordo com a empresa, a caixa de som consegue se manter pareada a um dispositivo a uma distância de até 30 metros.

Durante os testes, conectei a caixa de som a um Xiaomi Mi 11, e o primeiro pareamento foi até mais rápido do que esperava. Infelizmente, a Wonderboom 2 não é compatível com o app BOOM & Megaboom by Ultimate Ears, portanto não é possível equalizar o som, criar alarmes, acompanhar a porcentagem da bateria ou controlar a caixinha pelo programa.

A caixa de som da Ultimate Ears não tem conexão Wi-Fi nem compatibilidade com o aplicativo BOOM & MEGABOOM by Ultimate Ears, mas traz Bluetooth 5.0, garantindo uma conexão rápida e estável na maioria dos cenários. 

Qualidade sonora

Quando o assunto é potência, a Wonderboom 2 surpreende considerando o seu tamanho mais compacto. A caixa conta com dois drivers ativos de 40 mm e dois radiadores passivos, que servem para potencializar o som. Assim que tirei o produto da caixa e o liguei pela primeira vez, o volume máximo me chamou muita atenção, sendo muito alto.

Infelizmente, devido à pandemia de COVID-19, não pude testar a Wonderboom 2 em festas ou reuniões em ambientes abertos, mas posso afirmar que ela tem, sim, potência suficiente para animar o local.

Caso queira, é possível aumentar o volume da caixa com a tecnologia Outdoor Boost, entretanto é importante mencionar que as frequências ficam bem mais desbalanceadas, principalmente os graves. Se você preza por definição sonora, mantenha o recurso desativado.

Modo Outdoor Boost potencializa o som, mas prejudica a qualidade sonora (Imagem: Ivo/Canaltech)

Com relação à qualidade sonora, também me surpreendi positivamente com a mini caixa de som da Ultimate Ears. Com o volume entre 30% e 60%, as músicas apresentam vocais bem definidos, ótima separação dos instrumentos e frequências equilibradas, com um leve destaque para os graves.

Tanto canções mais calmas quanto agitadas soam muito bem nos ouvidos na Wonderboom 2. A situação só piora um pouco ao elevar o volume acima de 60%, quando temos perda de definição, agudos mais estridentes e graves prejudicados.

Apesar de muito pequena, a caixa de som Bluetooth da Ultimate Ears é muito potente, com som bastante alto e boa definição sonora.

Duração de bateria e carregamento

Segundo a Ultimate Ears, a Wonderboom 2 tem autonomia para 13 horas contínuas de reprodução de músicas. Como a caixa de som não tem nenhum indicador de bateria em seu corpo, tentei esgotá-la ouvindo músicas durante os dias em que a testei e tive a impressão de que ela durou bem mais que o prometido.

Com a caixa no volume em 40% e conectada ao Bluetooth, drenei a bateria da Wonderboom 2 em um final de semana, ouvindo cerca de 4 ou 5 horas diariamente. Obviamente, a autonomia da caixa de som deve ser reduzida se você ouvir músicas no volume máximo.

Diferentemente dos irmãos mais caros, a Wonderboom 2 não tem compatibilidade para carregamento sem fio, ou seja, a única maneira de recarregá-la é por meio do cabo microUSB. Por ser uma solução já relativamente antiga no mercado, a velocidade de recarga não é das mais rápidas, levando pouco mais de 2h30 para carregá-la.

WONDERBOOM 2 tem conector microUSB (Imagem: Ivo/Canaltech)

Concorrentes diretos

Entre os principais concorrentes da Wonderboom 2 temos a XB12 da Sony, que também aposta em formato compacto e conta com a famosa tecnologia Extra Bass, prometendo graves mais potentes. A autonomia é ligeiramente maior: 16 horas de uso, segundo a empresa. A caixa de som da Ultimate Ears, por sua vez, leva vantagem no som 360º e na construção mais interessante.

A Philips BT6000B/12, por sua vez, traz som de 360º, além de corpo resistente a respingos d’água e dois drivers ativos, assim como a Wonderboom 2. A aposta da Philips se sobressai pela presença do NFC para emparelhamento mais rápido, além de entrada de áudio e microfone integrado para chamadas usando o viva-voz.

Do portfólio da JBL, a Link 5 é a mais próxima da Wonderboom 2. Ela tem design compacto e impermeável, bateria para 12 horas de reprodução de música e compatibilidade com a tecnologia PartyBoost, sendo possível sincronizar várias caixas de som compatíveis para tocar a mesma música simultaneamente.

Conclusão

A Wonderboom 2 é uma caixa de som Bluetooth que conquista tanto pela praticidade quanto pela potência sonora. Ela tem um volume muito alto, considerando o seu corpo compacto, e oferece um som de qualidade para animar uma festa mesmo em ambientes abertos.

A bateria da caixinha também é surpreendente, durando pouco mais que as 13 horas prometidas pela Ultimate Ears — durante os testes, esgotei a carga do produto em um final de semana, ouvindo cerca de 5h diariamente, uma autonomia excelente.

Particularmente, senti falta da compatibilidade com o aplicativo BOOM & MEGABOOM by Ultimate Ears, suportado pelos modelos mais caros da empresa, que permitiria equalizar o som e controlar o dispositivo mais facilmente. Um conector USB-C também faz falta, já que o carregamento não é muito rápido ou prático com a porta microUSB do produto.

Ainda assim, acredito que a Wonderboom 2 faz o básico muito bem. Seja para festinhas entre amigos ou somente para ouvir músicas em casa, a caixa de som Bluetooth da Ultimate Ears deve agradar aos usuários que buscam bom desempenho.

E aí, gostou da Ultimate Ears Wonderboom 2? Confira o preço atual da caixinha Bluetooth no link abaixo e aproveite!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.