Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Protótipo do AirPower mostra problemas de execução do projeto

Por| Editado por Wallace Moté | 24 de Outubro de 2022 às 10h50

Link copiado!

Apple
Apple
Tudo sobre Apple

Mais de três anos após o cancelamento do AirPower, um protótipo do dispositivo foi revelado em vídeo pelo canal Unbox Therapy. O conteúdo mostra todas as limitações do carregador sem fio da Apple que justificaram o encerramento do projeto.

Na época, a Apple tinha como objetivo produzir uma base em que os aparelhos pudessem ser carregados em qualquer posição — grande parte dos produtos concorrentes exigem que os celulares e outros aparelhos fiquem exatamente acima da bobina de recarga.

Continua após a publicidade

Para isso, a marca teve que montar diversas bobinas espalhadas pela superfície do AirPower. Porém, isso gerou um problema que se tornou insolúvel: o superaquecimento do carregador era constante, a ponto de trazer perigos ao usuário.

Esta situação foi demonstrada com o protótipo, que veio com uma série de instruções rígidas. Como exemplo, ele não pode ser mantido na fonte de energia por mais de um minuto consecutivo, com intervalos de cinco minutos para resfriamento.

Além disso, ainda foi apontado que ele não deve ser conectado a um adaptador de tomada para evitar danos — portanto, a recomendação era de uso apenas em portas USB-C de MacBook Pro, com um cabo original Lightning/USB-C.

A documentação também mostra recomendações para os engenheiros do produto:

“Não toque a parte de trás do AirPower (a parte com componentes elétricos expostos) quando está plugado. Eu fiz isso acidentalmente e tomei um choque feio.” “Adicionalmente, dispositivos ‘Max’ (como o iPhone XS Max) podem causar danos se puxarem muita carga, então evite usá-los.”

Testes realizados no vídeo mostraram um funcionamento irregular do protótipo. O carregamento de um iPhone aconteceu normalmente, mas os AirPods recebem carga por apenas uma fração de segundo antes de a transferência ser cortada.

O vídeo completo pode ser visto abaixo:

Continua após a publicidade

Fonte: YouTube/Unbox Therapy