ARKit 2.0 da Apple traz modo multiplayer e novo formato de arquivo

Por Jessica Pinheiro | 05 de Junho de 2018 às 13h51
Apple

Em meios aos anúncios da Apple durante a WWDC nesta segunda-feira (4), a companhia também revelou novidades para a próxima geração do ARKit, destacando um novo modo para multijogadores em jogos de realidade aumentada, o qual permite que duas ou mais pessoas compartilhem dados para ver o mesmo objeto em um ambiente virtual. Aparentemente esse recurso funciona entre os smartphones, e não por envio de dados para nuvem – o que deve garantir mais privacidade aos usuários.

Além disso, um outro modo deverá permitir combinar elementos do mundo real com o digital. Para demonstrar essa função, a Apple fez uma demonstração utilizando uma estrutura de LEGO digitalizada com um iPad. A partir dessa etapa, foi desbloqueada a opção de adicionar camadas extras, tais como personagens, edifícios, carros, dentre outros que poderiam enriquecer o cenário. Os bonecos de Lego, inclusive, possivelmente devem ser reaproveitados para continuar o jogo em outro momento e/ou participar de missões com até quatro amigos.

Demonstração da Lego com a ARKit 2.0 durante a WWDC 2018. (Imagem: Apple)

Além da Lego, a Apple alegou que também se juntou à Pixar para criar um novo formato de realidade aumentada. Intitulado USDZ, esse arquivo zip de compactação zero e sem criptografia é compatível com iOS e permite objetos em RA possam ser compartilhados e experimentados no Safari, no Mail ou em qualquer outro serviço que faça parte do ecossistema da Maçã. A Adobe também pretende oferecer suporte à USDZ na Creative Cloud.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Na prática, isso significa que todo e qualquer ícone que possuir indicação de que pode ser visualizado em realidade aumentada poderá ser tocado e o usuário terá opção de interagir com o objeto, ampliar, alocar em outro local, etc.

Por fim, um novo aplicativo da Apple também foi apresentado. O Measure permitirá aos usuários medir linhas em todas as superfícies, detectar ângulos e obter demais dimensões dos objetos. O ARKit 2.0 também vem com rastreamento de faces aprimorado, detecção de objetos 3D e renderização realista. Tudo isso fornece uma boa ideia do que está por vir com o headset RA da Apple que está previsto para chegar em 2020.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.