Gerenciador de Área de transferência no Windows 11 está melhor do que nunca

Gerenciador de Área de transferência no Windows 11 está melhor do que nunca

Por Douglas Ciriaco | 05 de Julho de 2021 às 14h00
Douglas Ciriaco/Canaltech

O Windows 11 foi apresentado oficialmente e já está em fase de testes. Apesar de ser possível que muita coisa mude até a chegada da versão final do sistema (lembre-se de que ele ainda se encontra na prévia para desenvolvedores, ou seja, não se trata nem da versão Beta), já é possível perceber algumas coisas bem interessantes que a Microsoft pensou.

Uma delas é a nova versão do gerenciador de Área de transferências do sistema, o menu ativado por meio do atalho Tecla do Windows + V. Esse painel pode ser ativado para criar um histórico de itens que você copia usando o atalho Ctrl + C ou a função “Copiar” presente no menu do botão direito do mouse e é uma mão na roda para quem usa isso com frequência.

Gerenciador da Área de transferência do Windows 11 (à direita) ganhou novos recursos (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)

Basicamente, o que o Windows 11 fez foi reunir em um só painel, agora dividido por abas, o histórico da Área de transferência e também outras perfumarias, como lista de emojis, histórico de GIFs e lista de caracteres especiais do sistema. Essas funções (tirando o menu de GIFs animados, que é novidade) eram acessadas somente via atalho Tecla do Windows + . (ponto) no Windows 10.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Esse mesmo atalho ainda funciona no W11, mas, aqui, ele abra uma espécie de resumo dessas funções decorativas, digamos assim (emojis + GIFs). Independente de qual combinação de teclas seja usado para lançar o painel, é possível navegar pelas abas sem nenhum problema.

Mais uma novidade interessante

Quem usa bastante o Ctrl + C e gostaria de deixar uma informação ainda mais à mão na Área de transferência agora conta com a opção de fixar entradas nesse painel. Um ícone em forma de alfinete permite “prender” esse dado específico na lista, assim ele não vai embora nem fica para trás conforme mais entradas são registradas por ali.

O Windows 11 foi anunciado pela Microsoft em 24 de junho, mas ainda não tem data prevista para seu lançamento. Há rumores de que ele pode começar a chegar em máquinas novas (instalado de fábrica) a partir de outubro, mas oficialmente a MS só cita o fim de 2021 e o início de 2022 como janela de chegada do sucessor do Windows 10.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.