Bug em atualização do Windows 10 desativa monitores externos; veja como resolver

Por Rafael Arbulu | 10 de Junho de 2020 às 22h40
Windows
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

A atualização de maio do Windows 10 vem causando uma série de problemas a usuários do sistema operacional da Microsoft. O mais recente caso é o de que o update vem desativando monitores externos em máquinas que fazem uso de duas ou mais telas. Felizmente, porém, esse é um problema relativamente fácil de ser contornado.

A Microsoft reconhece que ainda não sabe qual é a causa desta falha, então ela própria não tem uma recomendação específica para tratá-la. Basicamente, computadores que tenham instalado a atualização “Windows 10 2004” (o nome oficial do update) acabam deixando a tela do monitor externo preta (não é bem “desligá-la”: apenas um fundo preto) quando o usuário tenta rodar alguma aplicação de desenho.

O uso de monitores externos é comum entre desenhistas, designers, ilustradores e jogadores que façam uso de um laptop d alto desempenho: atualização recente do Windows 10 está impedindo o uso do periférico (Imagem: Divulgação/Acer)

Esse tipo de prática é comum entre designers e quadrinistas, que geralmente usam monitores externos e uma mesa de desenho para trabalhar digitalmente em suas ilustrações, então você consegue entender o porquê de isso ser um problema para algumas pessoas.

Como contornar essa falha?

Felizmente, ao contrário de outros bugs mais graves do passado, essa falha nos monitores é relativamente simples de ser contornada. Para isso, a primeira coisa é averiguar se seu dispositivo está de fato impactado pela configuração sistêmica: abra o menu “Iniciar” e digite “Gerenciador de Dispositivos” na busca, selecionando “Adaptadores de Vídeo” na janela que se abrirá em seguida. Se no nome do seu monitor externo for exibido um ponto de exclamação amarelo (“!”), então siga as orientações abaixo, que vão lhe ensinar a reverter seu Windows 10 à versão anterior à atualização de maio:

  1. Faça o backup de todos os seus dados
  2. Aperte simultaneamente as teclas “Windows” e “I” (não confunda com o “L” minúsculo). Alternativamente, você pode também abrir o menu “Iniciar” e clicar no símbolo de engrenagem na barra à esquerda
  3. Em “Atualização e Segurança”, procure ao lado esquerdo a guia “Recuperação”
  4. No meio, clique na opção “Voltar para a versão anterior do Windows 10” e escolha a opção que menciona seus apps não funcionando na versão atual
  5. Clique em “não” quando o sistema oferecer a busca por uma nova atualização
  6. Avance duas vezes e, finalmente, clique em “Voltar à versão anterior”

Com isso, você elimina a atualização de maio do Windows 10 de sua máquina, podendo utilizar seus apps e recursos externos normalmente. É importante ressaltar, porém, que a atualização recente também traz consigo diversas correções de sistema e falhas de segurança, a fim de evitar a intrusão de hackers e roubo de informações. Assim que possível, recomendamos fazer esse update.

Fonte: Tom's Guide

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.